Rubens Chiri/Perspectiva
Rubens Chiri/Perspectiva

São Paulo bate Noroeste e se aproxima da semi no Paulistão

Equipe do Morumbi ganha fora de casa por 2 a 1 e mantém terceira colocação no campeonato estadual

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

25 de março de 2009 | 23h39

SÃO PAULO - O São Paulo deu um passo importante rumo à semifinal do Campeonato Paulista na noite desta quarta-feira em Bauru. Em partida que ganhou muito em emoção no segundo tempo, a equipe superou o Noroeste por 2 a 1, pela 16.ª rodada da competição estadual.

Veja também:

linkFPF confirma jogo no Prudentão e São Paulo reclama

linkApós vitória, são-paulinos já pensam no clássico

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

O resultado positivo deixa o clube do Morumbi com 33 pontos na tabela de classificação, três a mais do que o Santos, quinto colocado e primeiro time fora do G-4. Já o Noroeste segue na zona de rebaixamento, em antepenúltimo lugar e com apenas 14 pontos conquistados até o momento.

Após um primeiro tempo muito ruim, o São Paulo mostrou força ofensiva na etapa final para definir o confronto.

Logo aos 5 minutos, em erro da defesa dos mandantes, Arouca conseguiu passar para o artilheiro Washington dentro da grande área. Com muita tranquilidade, ele driblou o goleiro e fez seu décimo gol no Paulistão. Na tabela da artilharia do campeonato, ele perde apenas para Keirrison (Palmeiras - 12) e está empatado em Pedrão (Barueri) e Zé Carlos (Paulista).

Em vantagem no marcador, o São Paulo começou a impor sua superioridade e deixou claro que o segundo gol era apenas questão de tempo. Após o árbitro marcar impedimento e anular gol de Zé Carlos aos 16, Borges dominou a bola na grande área aos 19 e passou com perfeição para Jorge Wagner, que chutou forte e não deu nenhuma chance de defesa para Fernando Vizzotto.

Noroeste1
Fernando Vizzotto; Eder, Anderson Marques, Marcelinho e Claudio (Joãozinho); Julio Bastos, Bilu    , Bruno César e Careca (Léo Mineiro); Gilsinho     (Luciano Bebê) e Marinho
Técnico: Fahel Júnior
São Paulo2
Rogério Ceni; Arouca, André Dias    , Rodrigo    e Junior Cesar; Zé Luis, Hernanes, Jean e Jorge Wagner; Borges (Hugo) e Washington   
Técnico: Muricy Ramalho
Gols: Washington, aos 5, Jorge Wagner, aos 19, e Marcelinho, aos 21 minutos do segundo tempo

Árbitro: Leonardo Ferrari Lima

Estádio: Alfredo de Castilho, em Bauru (SP)

POLÊMICA

A partida parecia definida em Bauru, mas ainda sobrou tempo para uma grande polêmica. Aos 21 minutos, Marcelinho cabeceou dentro da grande área e R ogério Ceni defendeu a bola dentro do gol. O juiz seguiu a recomendação do auxiliar e confirmou o gol, o que gerou muitos protestos por parte dos são-paulinos. Washington levou cartão amarelo pro reclamação.

O gol deu novo ânimo à equipe da casa, que partiu em busca do empate. No entanto, o São Paulo, após um certo momento de instabilidade, voltou a mostrar bom desempenho na defesa e garantiu o triunfo.

RUMO AO CLÁSSICO

Agora, todas as atenções do São Paulo se voltam para o último clássico do time na primeira fase do Campeonato Paulista. No próximo sábado, às 16h10, a equipe recebe o invicto e líder Palmeiras no Morumbi. Com uma vitória, ficará praticamente classificada.

Já o Noroeste ainda sonha com a permanência na elite do futebol paulista e para isso terá que superar o Mirassol fora de casa também no sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.