Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Alexandre Schneider / Reuters
Alexandre Schneider / Reuters

São Paulo bate Sporting Cristal no Morumbi, mas fica em segundo do grupo da Libertadores

Com os reservas no primeiro jogo pós-título paulista, equipe de Hernán Crespo faz 3 a 0 sobre os peruanos; Racing avança em primeiro

Glauco de Pierri, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2021 | 23h27

Dois dias após celebrar a conquista do Campeonato Paulista e assim encerrar um jejum de quase nove anos sem títulos, o São Paulo voltou a campo nesta terça-feira, na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com os reservas em campo, o time venceu o Sporting Cristal, do Peru, por 3 a 0, com muita facilidade.

Como o Racing venceu o Rentistas pelo mesmo placar e chegou aos 14 pontos, o time do técnico Hernán Crespo se classificou na segunda posição do Grupo E, com 11 pontos.

 Nas oitavas de final, o São Paulo estará no pote dois do sorteio e vai enfrentar um dos primeiros colocados, que estarão no pote um. A definição dos confrontos será realizada no dia 1º de junho, na sede da Conmebol.

Em campo, o fraco time do Sporting Cristal foi amplamente dominado pelos reservas do São Paulo. No primeiro tempo, a equipe do técnico Hernán Crespo ficou muito mais tempo com a bola e criou as melhores oportunidades de gol.

Aos 16, o equatoriano Joao Rojas fez o que quis na área e chutou colocado, mas a bola bateu na trave. Após chutes arriscados por Nestor e Hernanes, o gol saiu. Aos 24, em cobrança de escanteio do próprio Hernandes, Bruno Alves subiu firme e cabeceou para marcar – foi o 300.º gol do São Paulo na história da Libertadores.

Na segunda etapa o São Paulo deslanchou. Primeiro, aos 15, Diego cabeceou na trave. Depois, aos 22, Rojas partiu em velocidade para a área. Ele cortou a marcação e bateu firme, no ângulo esquerdo de Duarte para anotar o segundo gol do jogo.

Aos 24, o São Paulo chegou firme de novo e aumentou o placar. Galeano avançou e tocou para Vitor Bueno, que entrou na área sozinho e tocou na saída de Duarte para marcar o terceiro gol do jogo.

Depois, até o fim, o São Paulo só tocou a bola. Agora, o time aguarda a definição do próximo adversário. Enquanto isso, no sábado, às 21h, a equipe estreia no Brasileirão contra o Fluminense no Morumbi. 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 3 X 0 SPORTING CRISTAL

SÃO PAULO - Lucas Perri; Rodrigo Freitas, Diego e Bruno Alves; Orejuela (Everton Felipe), Rodrigo Nestor, Hernanes (Galeano), Shaylon e Welington (Bruno Rodrigues); Joao Rojas (Paulinho Bóia) e Eder (Vitor Bueno). Técnico: Hernán Crespo.

SPORTING CRISTAL - Alejandro Duarte; Lora, Madrid (Chávez), Alejandro González, Merlo e Loyola; Távara, Calcaterra (Pretell) e Hohberg (Riquelme); Corozo (Marchán) e Ávila (Joao Grimaldo). Técnico: Roberto Mosquera.

GOLS - Bruno Alves, aos 24 do 1º Tempo; João Rojas, aos 22, e Vitor Bueno, aos 24 do 2º Tempo.

ÁRBITRO - Wilmar Roldan (COL).

CARTÕES AMARELOS - Lora, Bruno Alves, Calcaterra.

LOCAL - Estádio do Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.