Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

São Paulo busca a paz diante do Flamengo, que quer ser líder

Aguardado jogo deste sábado pode causar grandes alterações na tabela do Brasileirão

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

01 Outubro 2016 | 07h00

O Flamengo pode se tornar neste sábado o novo líder do Campeonato Brasileiro. Basta derrotar o São Paulo, a partir das 16h, no Morumbi, para ocupar pela primeira vez na competição posto à frente do Palmeiras na tabela de classificação. A partida, porém, também é importante para a equipe da casa. Afinal, o São Paulo vem de duas derrotas como visitante no Brasileiro e de eliminação na Copa do Brasil para o Juventude, da Série C. A situação se agrava pela proximidade da zona de descenso – está somente quatro pontos acima.

Há sete partidas sem perder no Brasileiro, o Flamengo encara o confronto como oportunidade de colocar pressão no concorrente direto ao título. Como o Palmeiras só entra em campo na segunda-feira à noite, contra o Santa Cruz, fora de casa, a equipe carioca vive a expectativa de virar líder provisória, mesmo que esse gostinho dure apenas dois dias. "Os jogadores estão mais tranquilos para o jogo do que eu poderia imaginar", assegurou o técnico Zé Ricardo.

O São Paulo tem cobrança parecida para vencer, mas por motivo menos nobre. Depois de três partidas como visitante, a volta ao Morumbi era esperada diante da necessidade de reagir. "Não tem matemática para escapar das últimas posições. A conta é vencer o próximo jogo. Precisamos ter uma sequência", avisou o técnico Ricardo Gomes.

Ele comandou o último treino antes da partida para o estádio do Morumbi. A atividade teve como novidade a provável volta de Maicon. O zagueiro esteve fora dos últimos jogos, com um estiramento na coxa. 

As principais novidades estão no banco de reservas. Recuperado de dores no joelho, Michel Bastos retorna, assim como o volante Wellington, jogador revelado no clube e que não pode atuar neste ano por ter enfrentado uma suspensão por doping e uma cirurgia no joelho.

O São Paulo promete mostrar uma atuação mais competitiva, já que por estar eliminado da Copa do Brasil, pôde passar a semana inteira em preparação.

Ricardo Gomes admitiu que o momento é de muita cobrança, tanto que preferiu não se posicionar como garantido no cargo na próxima temporada. "Eu participo das conversas sobre o planejamento de 2017, mas isso não quer dizer que farei parte dele. São resultados. Perde três ou quatro jogos para você ver o que acontece com o treinador", comentou.

O encontro entre São Paulo e Flamengo é um dos mais aguardados da rodada, mas será disputado com torcida única. O time carioca cumpre a última das três rodadas como visitante sem a presença da torcida. A restrição foi aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para punir o clube por confusões com palmeirenses em Brasília, durante partida em junho, pelo Nacional.

A mobilização dos são-paulinos para comprar bilhetes tem sido modesta. Até sexta-feira, segundo parcial divulgada pela diretoria, as vendas não tinham atingido 15 mil ingressos.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X FLAMENGO

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Kelvin, Cueva e Carlinhos; Chávez. Técnico: Ricardo Gomes

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Gabriel, Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Juiz: Sandro Ricci (SC)

Local: Morumbi

Horário: 16h

Na TV: Pay-per-view

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.