Steve McKinley|Reuters - 21|7|2015
Steve McKinley|Reuters - 21|7|2015

São Paulo busca centroavante paraguaio de 22 anos para reforçar a equipe

Cristian Colmán pode chegar ao Morumbi para reforçar o time em 2017

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

14 de dezembro de 2016 | 07h03

O atacante Cristian Colmán, do Nacional, do Paraguai, está na mira do São Paulo para a próxima temporada. O técnico Rogério Ceni aprovou o jogador de 22 anos e agora a diretoria tenta se acertar com o clube e com o atleta, que já se mostrou empolgado por atuar no futebol brasileiro.

Com 1,85 m de altura, Colmán se destacou nesta temporada ao marcar 11 gols em 30 jogos. Ele chamou atenção do departamento de futebol do São Paulo, que busca um centroavante para atuar ao lado de jogadores de velocidade na frente. Desde as saídas de Calleri e Alan Kardec, o time não encontrou um substituto à altura.

Chávez, que chegou e foi bem na reta final do Brasileirão, não é visto como um jogador de área e até já falou que prefere atuar pelos lados do campo. Gilberto, outro que chegou para a função, teve poucas chances e ainda não brilhou a ponto de deixar a comissão técnica convicta de que não precisa de um centroavante.

A primeira opção do São Paulo era Ricardo Oliveira, do Santos. Mas o clube da baixada não liberou o atleta, que tem multa de 50 milhões de euros para sair. Como o Santos não quis fazer negócio, a diretoria do Morumbi passou a procurar outras opções e chegou em Colmán. A negociação avançou e o jogador pode ser anunciado nos próximos dias.

Já o goleiro Sidão pode ser anunciado nesta quarta-feira, caso seja aprovado nos exames médicos. Ele foi contratado para disputar a posição com Denis e Renan Ribeiro. O jogador fez um bom Campeonato Brasileiro pelo Botafogo, mas seus direitos econômicos são do Audax, que se acertou com o São Paulo.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.