Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

São Paulo busca novo clube para Denilson, encostado

Muricy não conta mais com o volante e Tricolor quer negociá-lo em breve

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

20 de fevereiro de 2014 | 11h30

SÃO PAULO - Caminha para um fim melancólico a segunda passagem de Denilson pelo São Paulo. O volante sequer foi relacionado para a partida contra o São Bernardo pelo Campeonato Paulista nesta quinta-feira e Muricy Ramalho não conta mais com ele para o restante da temporada. A partir de agora, o presidente Juvenal Juvêncio procura clubes interessados no jogador para negociá-lo ou envolvê-lo numa troca.

Juvenal esperava uma sinalização de Muricy para saber como proceder com o jogador, de quem o dirigente nunca foi grande entusiasta. Formado pelo Tricolor, ele foi vendido ao Arsenal em 2006 e retornou em 2011 por empréstimo. O presidente não queria renovar o vínculo, mas acabou ficando de mãos atadas diante da falta de opções no mercado e da insistência do então treinador Ney Franco para mantê-lo e renovou o vínculo até dezembro de 2017.

Titular em toda passagem de Muricy Ramalho no ano passado, o jogador perdeu espaço logo na primeira partida contra o Bragantino, quando atuou recuado como uma espécie de terceiro zagueiro. De lá para cá não foi mais utilizado e não falou mais com a imprensa.

O São Paulo trabalha com duas opções: trocá-lo com algum clube nos mesmos moldes que fez com Corinthians e Grêmio para trazer Alexandre Pato e Souza (Jadson e Rhodolfo foram as moedas de troca, respectivamente) ou tentar arrecadar algum dinheiro com uma venda para o exterior, alternativa que também agrada ao clube pelo alto valor do euro.

Se optar pela troca, o clube do Morumbi acredita que tem no atleta uma boa moeda de troca para barganhar com outros clubes. Além de mais um volante, o Tricolor gostaria de contar com um meia - Wagner, do Fluminense, é o preferido para o Campeonato Brasileiro - e um atacante de velocidade.

Para a função de volante, o São Paulo tem, além de Denilson, Souza, Wellington, Fabrício e João Schidt. Maicon também atua no setor e Rodrigo Caio, que vinha jogando na zaga, deve ser mais uma vez adiantado para o meio para a partida contra o São Bernardo já que Wellington cumpre suspensão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.