Rubens Chiri/Saopaulofc.net
Rubens Chiri/Saopaulofc.net

São Paulo cede empate ao Avaí em jogo do Brasileirão com pênalti desperdiçado por Calleri

Empate deixa equipe paulista na sexta colocação do campeonato, com 14 pontos

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2022 | 21h27

O São Paulo perdeu, na noite deste sábado, uma grande chance de finalmente conquistar a primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro. O time do técnico Rogério Ceni até que fez um jogo razoável na primeira etapa, mas caiu de produção no segundo tempo e ficou no empate por 1 a 1 com o Avaí, em Florianópolis - o time paulista perdeu um pênalti quando vencia o jogo, em batida isolada pelo artilheiro argentino Jhonatan Calleri.

O São Paulo jogou com alguns desfalques, entre eles Rafinha e Igor Gomes, suspensos, e Arboleda, que foi convocado para defender a seleção do Equador. Em campo, em uma noite fria no estádio da Ressacada, o time paulista começou o jogo apertando o Avaí e perdeu duas boas chances com Luciano, que completou 100 jogos pelo clube e recebeu uma camisa comemorativa.

Mas pouco depois, o time voltou a apresentar velhos problemas, como erros de passes. Quando o primeiro tempo caminhava para o empate sem gols, Arthur Chaves colocou a mão na bola na área e Anderson Daronco foi alertado pelo VAR (Árbitro de Vídeo). Confirmada a penalidade, Reinaldo bateu forte, no alto, e abriu o placar para o São Paulo.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro - com Arthur Chaves cometendo um pênalti. Desta vez, ele segurou Luciano na área e o árbitro marcou a falta. O São Paulo trocou o batedor e o atacante Calleri foi para a cobrança, mas diferente de Reinaldo, o argentino isolou a bola por cima do gol.

Depois disso, o técnico Eduardo Barroca mexeu bem no Avaí e o time melhorou muito. O time perdeu boa chance aos 11, com Eduardo, até que aos 20 do segundo tempo os catarinenses empataram. Eduardo arriscou de longe, Jandrei espalmou para o meio da área e Muriqui, sozinho, só escorou o rebote para deixar tudo igual na Ressacada.

O Avaí, que vinha de três derrotas consecutivas, passou a buscar a vitória. O time quase fez o segundo gol aos 28, com Jean Pyerre, e aos 30, com Jandrei salvando o São Paulo após finalização de Muriqui.

Atrapalhado em campo, Jandrei ainda viu o colombiano Copete perder um gol incrível. Do outro lado, foi Calleri quem desperdiçou outra  chance, mas o jogo ficou no empate por 1 a 1. O São Paulo perdeu uma grande oportunidade de vencer o jogo, mas também poderia ter perdido - o empate acabou sendo um bom castigo para os dois. 

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 X 1 SÃO PAULO

AVAÍ: Vladimir; Kevin, Rodrigo Freitas (Jean Pyerre), Arthur Chaves e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva e Eduardo (Jean Cléber); Morato(William Pottker), Bissoli (Copete) e Muriqui. Técnico: Eduardo Barroca.

SÃO PAULO: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinicius (Rigoni), Gabriel (Pablo Maia), Rodrigo Nestor, Alisson e Reinaldo (Welington); Luciano (Eder) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS: Reinaldo, aos 48 minutos do primeiro tempo; Muriqui, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS: Arthur Chavez, Léo e Alisson.

RENDA: R$ 620.748

PÚBLICO: 11.962 torcedores

LOCAL: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.