São Paulo começa a discutir reforços

Juvenal Juvêncio, diretor de futebol do São Paulo, reúne-se nesta segunda-feira com o técnico Paulo Autuori para tratar dos reforços para 2006, depois da enorme festa pelo título mundial. E o meia Pedrinho é o primeiro nome da lista.?Antes de o Pedrinho renovar contrato com o Palmeiras, em junho, o Paulo Autuori havia aprovado a sua contratação pelo São Paulo. Agora, quero ver se ele mantém a opinião para tratarmos desta negociação?, revelou o diretor do São Paulo.Pedrinho chegou da Arábia Saudita, onde estava no Al Ittihad, e está passando férias em Natal. Cláudio Guadagno, seu procurador, está em Buenos Aires e volta na terça-feira, quando a negociação poderá ter um impulso. A lateral-direita é outro assunto que será debatido na reunião entre Autuori e Juvenal Juvêncio - afinal, Cicinho se apresenta quinta-feira ao Real Madrid. Ânderson Lima sempre foi o favorito do São Paulo, mas como o jogador ainda tem vínculo com o São Caetano até o final do ano o negócio pode não sair. ?Precisamos resolver esse problema com o São Caetano. Se eles aceitarem algum jogador nosso tudo ficaria mais fácil?, afirmou Juvenal Juvêncio, mostrando que o clube continua fiel à sua política de reforçar-se sem gastar dinheiro.Maurinho, do Cruzeiro, é uma opção, mas também tem contrato até o final do ano. Por isso mesmo, Juvenal Juvêncio aposta em Jean: ?É volante do nosso time de juniores e treinou bem como ala entre os profissionais. Pode ser uma solução.?Juvenal Juvêncio espera ainda uma ligação de Amoroso para tratar da renovação de seu contrato. ?Eu disse a ele que me disponho a fazer um contrato de três anos, como ele sempre quis. O Amoroso é ajuizado, sempre se cuidou e não tem problemas físicos. Quero que continue conosco. Ficou de me ligar e estou esperando?, avisou o dirigente.O fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan recebeu uma oferta para trabalhar no Santos, junto com o técnico Vanderlei Luxemburgo. ?Ele falou comigo e eu disse que ele pensasse bem. Agora estou esperando por uma resposta do Rosan. Nós queremos que ele continue aqui?, disse Juvenal Juvêncio, que espera não ter alguma surpresa negativa na reunião, com uma possível saída do treinador.?O Paulo Autuori é uma pessoa muito ética, sempre demonstrou isso. Não acho que ele vá nos deixar. Se fosse, já teria me avisado de alguma coisa. A idéia é de que fique conosco bastante tempo?, contou o diretor são-paulino.Por enquanto, o zagueiro Alex Silva, de 19 anos e irmão de Luisão (Benfica), é a única contratação do clube para 2006. Vai disputar a Copa São Paulo em janeiro e depois ficará no time profissional.

Agencia Estado,

25 de dezembro de 2005 | 18h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.