Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

São Paulo já começa a ganhar 'cara' de Diego Aguirre

Novo treinador deve assumir os trabalhos nesta sexta, mas já participou da montagem do time contra Red Bull e CRB

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

15 de março de 2018 | 07h00

Após um início de ano cheio de oscilações e instabilidade, o São Paulo começa a mostrar uma nova postura em campo. Na quarta, venceu o CRB por 3 a 0 deixando pouco espaço para o adversário e se impondo na partida mesmo fora de casa.

São Paulo bate o CRB por 3 a 0 e avança com folga na Copa do Brasil

Valdívia exalta jogo coletivo do São Paulo e já pensa no São Caetano

Ainda comandada interinamente por André Jardine, o São Paulo começa a ganhar a “cara” de seu novo treinador, Diego Aguirre, que participou da montagem do time nos últimos dois jogos e ainda aguarda para regularizar sua documentação e poder trabalhar no Brasil.

Contra o CRB, o time pressionou do início ao fim do jogo e deu poucas chances para o adversário tentar reagir. Mostrou atitude, palavra destacada pelo recém-chegado treinador uruguaio para falar daquilo que espera ver no time.

"As conversas têm sido muito boas (com Aguirre)", disse Jardine após a partida em Maceió. "Estamos com pouco tempo e falamos dos dois jogos, que era uma decisão contra o CRB, merecia cuidado e atenção. Pensamos em conjunto a estratégia, mesmo sem ele conhecer tão bem o elenco. O jogo desta quarta começou a ser construído contra o Red Bull."

Jardine projetou uma boa parceria com o uruguaio. Ele será auxiliar técnico do novo treinador, que tem expectativa de conseguir seu visto e assumir os trabalhos no CT da Barra Funda nesta sexta. "Será fantástico. Diego tem história, muita experiência e estou começando agora. Será interessante absorver. As informações são as melhores. Estou ansioso emotivado."

O interino vê a equipe no caminho certo e disse que espera que o São Paulo continue no mesmo ritmo da vitória sobre os alagoanos. "É o São Paulo que todo mundo viu hoje, motivado, querendo crescer, com bastante humildade, entendendo que a gente tem que evoluir. Perceberam que era o momento de se ajudar. A gente sabe que tem potencial para buscar as vitórias."

Tudo o que sabemos sobre:
Diego AguirreSão Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.