Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

São Paulo começa a negociar renovação com Rogério Ceni

Pressionados por Muricy Ramalho e pela boa fase do goleiro, dirigentes iniciam conversas

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2013 | 07h33

SÃO PAULO - Pressionada pela atuação de gala de Rogério Ceni contra a Universidad Católica e pelas duras estocadas de Muricy Ramalho, a diretoria do São Paulo enfim se movimenta, tanto que já procurou o goleiro para conversar sobre a renovação do contrato. As partes vão se reunir nos próximos dias e a expectativa é de que o clube finalmente saiba se terá o ídolo em 2014.

O goleiro mantém o discurso cauteloso e não abre brechas quando perguntado sobre o assunto. Inicialmente, a diretoria queria esperar o fim da temporada para discutir o futuro de Rogério, mas Muricy Ramalho começou a pressionar os dirigentes para um desfecho mais rápido. "Ele está esperando alguém que comanda se manifestar. Eu o conheço há muito tempo, está no melhor momento da carreira", afirmou o treinador, que causou desconforto nos dirigentes com a abordagem dura sobre o tema. Em recente entrevista ao Estado, o presidente Juvenal Juvêncio revelou ter conversado informalmente com Rogério antes do jogo contra o Náutico e disse que "se o Rogério quiser, renovamos amanhã". No entanto, a relação entre os dois não é tão boa quanto parece. O presidente critica a influência do capitão sobre o grupo e Ceni está desconfortável com os rumos políticos do clube. Apesar das diferenças, Juvenal nem sequer cogita negar a assinatura de um novo contrato ao atleta.

HISTERIA

Rogério foi o primeiro a desembarcar em São Paulo após a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Assediado por quase cem torcedores, ouviu pedidos para estender o contrato por mais um ano, mas saiu pela tangente. "Conversei com o doutor João Paulo (de Jesus Lopes, vice de futebol) como converso com todos eles sem problemas. O torcedor é emotivo e está feliz com a classificação. É natural que isso aconteça, mas primeiro gostaria de sair da situação difícil no Brasileiro."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.