São Paulo começa luta pelo tetra com estréia na Venezuela

Entrosamento, experiência e confiança. Estas são as principais armas do São Paulo para a estréia na Copa Libertadores, nesta quarta-feira, contra o Caracas, às 22 horas (horário de Brasília), no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas, na Venezuela. Atual campeão, o time do Morumbi não terá alguns de seus principais jogadores ? o goleiro Rogério Ceni e os zagueiros Lugano e Fabão ?, mas inicia a luta pelo quarto título continental muito motivado.Apesar da boa campanha no Campeonato Paulista, o São Paulo sabe que a Libertadores é o principal torneio do ano. E o técnico Muricy Ramalho também vê na competição a chance de se consagrar no clube.?Quando treinei o São Paulo pela primeira vez, não tive a chance de terminar o trabalho. Tive de sair para me preparar melhor?, admitiu o treinador. ?Todos viveram essa conquista no ano passado e também quero participar disso agora?.Com a base de 2005 mantida, Muricy conseguiu reorganizar o time e aposta no padrão de jogo que vem utilizando no Campeonato Paulista. Mas entende que a motivação fará a diferença. ?Não podemos mudar muito o conjunto, mas o que tem de ser diferente é a mentalidade?, avisou o técnico. ?A superação e a vontade contam muito para se fazer uma boa campanha?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.