Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

São Paulo compra Souza em definitivo junto ao Grêmio

Clube do Morumbi confirma a aquisição do volante, já acertada verbalmente, que assina um novo contrato até dezembro de 2017

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

20 de outubro de 2014 | 18h24

O São Paulo acertou nesta segunda-feira a contratação em definitivo do volante Souza, que agora acertou um novo contrato com o clube até o fim de 2017. O desfecho já era conhecido por todas as partes e vinha bem encaminhado; a assinatura foi apenas a formalização do acordo.

A princípio a negociação seria efetivada apenas no fim do ano, mas a diretoria resolveu acelerar o processo especialmente depois da convocação do volante para a seleção para o Superclássico das Américas e para o amistoso contra o Japão.

"Desde o meu primeiro dia no clube, sempre afirmei que me sentia bem aqui. Felizmente minha adaptação foi rápida e pude reencontrar grandes amigos, como o Alan Kardec. O Muricy também me ajudou bastante neste período. Então, só posso agradecer por tudo que o São Paulo fez por mim, e espero ficar muito tempo aqui", comemorou o volante ao site oficial.

Souza chegou ao Morumbi no início do ano em negociação que manteve Rhodolfo no Grêmio. No mês passado, os gaúchos compraram os direitos do zagueiro em definitivo e encaminharam o acerto pelo volante, que sempre deixou claro desde sua chegada que sonhava defender o clube e não queria voltar para Porto Alegre.

"O Souza por empréstimo no início do ano já foi uma contratação em que consideramos o perfil pessoal, além da qualidade do futebol, entre os elementos para nossa decisão. Assinar agora em definitivo é uma conquista para o clube. Manter atletas que atendem nossa expectativa é uma boa forma de qualificar o elenco, especialmente por já conhecermos o caráter e o futebol. Junto com o Hudson, já é o resultado concreto do planejamento para 2015", analisou o gerente executivo de futebol do clube, Gustavo Vieira de Oliveira.

Hudson, que chegou ao Morumbi depois do Campeonato Paulista, foi outro que teve o vínculo prorrogado. Ele fica no Morumbi também até 2017; o contrato anterior se encerrava no fim desta temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirãoSouza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.