São Paulo conta com Kaká para reagir

O técnico Oswaldo de Oliveira terá no Dia do Trabalho um bom reforço na sua luta para manter o emprego no Morumbi. Kaká está escalado para a partida contra o Figueirense, quinta-feira, em casa, pela Copa do Brasil. É um jogo que promete ser tranqüilo. O São Paulo venceu a primeira partida por 2 a 0, em Santa Catarina, e poderá até perder por um gol de diferença que estará classificado para as quartas-de-final. Um bom momento para a volta de Kaká, que teve problemas musculares na coxa direita e que não atua desde o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, dia 16 de março, na derrota por 3 a 2 para o Corinthians.Nesta segunda-feira, no Palácio dos Bandeirantes, o ídolo são-paulino participou do lançamento da Campanha do Agasalho de 2003. Vai ser o garoto-propaganda, aparecendo em um filme publicitário. Aparecerá tirando o agasalho do próprio corpo e doando a um necessitado. A meta é conseguir a doação de três milhões de peças.Há outros reforços para Oswaldo. Fabiano cumpriu suspensão automática e já está definida a sua volta para a lateral-esquerda. Se resolver aceitar a idéia do presidente Marcelo Portugal Gouvêa, o treinador poderá escalar o uruguaio Diego Lugano para tentar resolver os problemas que o time tem com as bolas cruzadas pelo alto. A situação trabalhista está resolvida e Lugano poderá jogar.Mas Oswaldo não tem mostrado muita simpatia pelo jogador. "Não foi amor à primeira vista. Para jogar, ele tem de mostrar que é melhor do que o Jean", afirmou na semana passada. O São Paulo pagou US$ 200 mil pela metade do passe do uruguaio.Souza também recuperou-se da pancada no joelho direito que sofreu no treino da semana passada. É uma opção a mais, mas vai ficar no banco. Para a sua posição, a volta garantida é a de Kaká.Para domingo, novamente contra o Figueirense, desta vez pelo Brasileiro, Oswaldo terá uma opção a mais. Fábio Simplício já não sofre com a lombalgia e poderá jogar - na quinta-feira cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Fábio Simplício chegou a jogar na lateral-direita, mas essa possibilidade diminuiu com a recuperação de Leonardo Moura, que tem muitas possibilidades de ser escalado já na quinta-feira. O jogador, que não atua desde fevereiro, livrou-se das dores no púbis e poderá ser escalado na lateral direita, em lugar de Gabriel, que novamente decepcionou, desta vez em Belém, na derrota para o Paysandu por 5 a 2.As constantes dores no púbis atrapalharam o rendimento de Leonardo no Palmeiras, em doses tão grandes como a concorrência com Arce. No São Paulo, também não teve uma regularidade, o que tem prejudicado bastante o rendimento do time.Com Kaká, Lugano, Fábio Simplício, Fabiano, Souza e Leonardo Moura, Oswaldo de Oliveira poderá contar com a totalidade do que muita gente chama de "o melhor elenco do Brasil". O problema passará a ser somente dele. Terá a missão de montar o que ainda não conseguiu: um time equilibrado, que saiba atacar e defender. Enfim, uma equipe com chances de lutar por títulos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.