São Paulo contabiliza problemas para próximo jogo no Paulista

Técnico Muricy Ramalho pode ficar sem sete jogadores para o confronto diante do São Caetano

03 de fevereiro de 2008 | 09h49

Após o empate diante da Ponte Preta pelo Campeonato Paulista, o técnico Muricy Ramalho contabiliza os problemas para o próximo compromisso do clube: o São Caetano, nesta quinta-feira, às 19h30, no Estádio do Morumbi. Veja também: São Paulo segura pressão da Ponte Preta e fica no 0 a 0 Para o duelo, o treinador não poderá contará com três jogadores: Richarlyson e Hernanes, que se apresentarão à seleção brasileira para enfrentar a Irlanda em amistoso, e o lateral-direito Joilson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A situação pode ficar ainda mais complicada, pois o atacante Dagoberto deixou o jogo contra a Ponte com uma lesão na virilha. "Começamos o tratamento dele nos vestiários, mas só vamos ter um diagnóstico nesta semana", conta o médico Auro Rayel. Júnior, Juninho e Aloísio também estão entregues ao departamento médico e podem ficar de fora do confronto. Desta forma, quem pode começar pela primeira vez como titular é o volante Carlos Alberto - para isso, ele terá de superar um problema na tireóide. "É um problema que foi descoberto no fim do ano passado, no Werder Bremen, e que agora está sendo tratado. Não tenho certeza se já estarei 100% na quinta-feira."explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.