Rubens Chiri/São Paulo e Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rubens Chiri/São Paulo e Rodrigo Coca/Agência Corinthians

São Paulo e Corinthians duelam em fases diferentes no clássico que marca estreia de Vitor Pereira

Rivais lideram seus respectivos grupos no Paulistão e se enfrentam no Morumbi, neste sábado, às 16h

Pedro Ramos, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2022 | 05h00

O clássico entre São Paulo e Corinthians, neste sábado, às 16h, no Morumbi, pelo Paulistão, coloca frente a frente dois rivais que vivem momentos distintos na temporada. O time tricolor lidera o Grupo B, com 14 pontos, mas ainda está devendo atuações mais consistentes e o técnico Rogério Ceni tem dúvidas para escalar os titulares. Já a equipe alvinegra evoluiu sob comando do interino Fernando Lázaro e não terá desfalques na partida que marca a estreia do técnico português Vitor Pereira.

Enquanto pode ter o retorno do volante Luan e do meia Patrick, que treinaram durante a semana, Ceni terá algumas ausências. Jandrei e Nikão testaram positivo para a covid-19 e estão fora do clássico. O meia já se recuperou, mas ainda não cumpriu os 11 dias de afastamento exigidos pela Federação Paulista. Já o lateral-direito Igor Vinícius segue no departamento médico, enquanto que o zagueiro Diego Costa e o meia Alisson são dúvidas.

Sem Jandrei, Ceni promoverá a volta de Volpi ao gol do São Paulo. O goleiro chegou a ter oportunidades neste ano, mas perdeu a disputa pela titularidade e terá nova chance na meta tricolor. 

O São Paulo tem se destacado por vitórias com gols marcados nos minutos finais - contra Santo André, Ponte Preta e Água Santa -, mas ainda carece de atuações mais contundentes. O time conta com o faro artilheiro do centroavante Calleri, que marcou quatro dos 12 gols da equipe no Paulistão. O argentino inclusive balançou a rede na vitória por 1 a 0 no último confronto entre as equipes, no Brasileirão de 2021. Outra boa notícia é o ótimo retrospecto de Ceni em clássicos desde que retornou ao Morumbi: são três vitórias em três partidas.

Já o Corinthians, líder do Grupo A, com 17 pontos, enfim, conhecerá seu novo técnico: o português Vitor Pereira, que assinou contrato até o fim do ano. Pereira, de 53 anos, começou sua trajetória em times profissionais em 2011, comandando o Porto. Em sua carreira, foi campeão em Portugal, Grécia e China. Ele também passou por Alemanha, Turquia e Arábia Saudita, mas não conquistou títulos. Em julho do ano passado, esteve no futebol turco para treinar o Fenerbahçe, mas foi demitido em dezembro.

Ele ocupa a vaga que vinha sendo do interino Fernando Lázaro, que melhorou o desempenho do time após a saída de Sylvinho e garantiu quatro vitórias e um empate em cinco jogos. Sem desfalques, Pereira deve mandar a campo a equipe considerada titular, com Paulinho, Renato Augusto, Giuliano, Willian e Róger Guedes. Ele exaltou a personalidade do time em sua coletiva de apresentação na sexta-feira. 

"Temos gente na equipe que nos jogos que precisam mostrar, não tremem, querem bola e assumem a responsabilidade. Isso é importante", disse o treinador. "Tenho uma paixão enorme, que me transforma em um animal competitivo. Quero ganhar, sempre".

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO - Volpi; Rafinha, Diego Costa (Miranda), Arboleda e Reinaldo; Pablo Maia, Nestor, Gabriel Sara, Rigoni, Alisson (Marquinhos) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni. 

CORINTHIANS - Cássio, Fagner, João Victor, Gil e Lucas Piton; Du Queiroz, Paulinho, Renato Augusto, Giuliano, Willian e Róger Guedes. Técnico: Vitor Pereira.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

HORÁRIO - 16h.

LOCAL - Morumbi.

TV - HBO Max / Estádio TNT Sports.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.