São Paulo/ Érico Leonan
São Paulo/ Érico Leonan

São Paulo corre contra o tempo para ter Luciano em 'decisão' com Fortaleza

Equipes se enfrentam no domingo, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2020 | 21h59

Luciano ainda não treinou em campo nesta semana no São Paulo. Ele faz tratamento intensivo para se recuperar das cores musculares. Considerado peça-chave para a decisão de vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, os médicos do clube correm contra o tempo para deixá-lo apto a enfrentar o Fortaleza, no domingo.

Após empate no Castelão, por 3 a 3, a série está aberta. Quem vencer no Morumbi avança e empate leva decisão às penalidades. Ter seu principal homem de frente em campo seria um diferencial para Fernando Diniz.

O treinador lamentou muito não contar com o atacante nos duelos da Libertadores. Luciano cumpriu três jogos de suspensão. Sem ele, o desempenho não foi o suficiente para o São Paulo avançar. O vexame de queda na fase de grupos ainda paira no clube e vira fantasma em duelos mata-matas.

Diniz vai esperar até o último minuto por Luciano. O São Paulo quer decidir o jogo no tempo normal para evitar sufoco desnecessário. Mas sabe que é necessário cautela diante de um rival empolgado por série sem derrotas e título cearense.

A importância de Luciano é refletida no duelo de ida. Além de marcar um dos gols, foi autor de outras duas assistências. Ou seja, participou em todos os gols são-paulinos do jogo.

Mesmo sentindo incômodo muscular, Luciano jamais deixou de jogar, exceção contra o Binacional, duelo disputado com time misto. Além dele, o lateral-direito Igor Vinícius também faz tratamento intensivo na coxa para tentar voltar. Daniel Alves foi reprovado em sua volta à lateral direita.

Recuperando-se de cirurgia no ligamento do tornozelo direito, o volante Liziero postou um vídeo nas redes sociais dando os primeiros passos. "Depois de seis semanas estou voltando a andar, não vejo a hora de voltar a fazer o que mais amo”, escreveu Liziero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.