São Paulo de Autuori tenta manter 100%

Quatro jogos, quatro vitórias. Dez gols marcados, apenas um sofrido. O início de trabalho do técnico Paulo Autuori no São Paulo surpreende até os mais otimistas, especialmente levando em consideração o grau de dificuldade das competições e as limitações do elenco. Contra o Vasco, às 16 horas, em São Januário, Autuori tem o desafio de manter os 100% de aproveitamento, mas encara com naturalidade a tarefa. "Não esperava esse bom começo, nem estou pensando nisso", desconversa. "No futebol brasileiro, basta uma derrota, e tudo volta atrás."O fato é que a simplicidade é um dos segredos de Autuori. Não mexeu radicalmente na estrutura da equipe montada por Emerson Leão e, aos poucos, impôs seu toque pessoal ao time. Estreou na goleada por 5 a 1 sobre o Corinthians e não se empolgou com o resultado. Venceu o The Strongest, da Bolívia, e garantiu o primeiro lugar do grupo na Libertadores. Bateu o Coritiba por 1 a 0 e subiu na tabela do Brasileiro. O avanço tático - substituiu o esquema com três zagueiros pelo tradicional 4-4-2 - veio no triunfo por 1 a 0 diante do Palmeiras, pelo torneio sul-americano."A equipe como um todo está atravessando um bom momento técnico", diz Autuori, que não gosta de destacar atuações individuais, mas reconhece a importância de algumas peças. "O Josué é um jogador dinâmico, dá muita movimentação para a equipe. E o Cicinho está numa fase excelente, só tem a crescer", comentou.Para o duelo em São Januário, o treinador só fará uma mudança na escalação que venceu o Palmeiras. "Não gosto de alterar muito o time. Não podemos perder competitividade", aponta. O atacante Grafite, com lesão na perna direita, será poupado para a decisão de quarta-feira. Luizão, recuperando-se de corte no rosto, treinou normalmente ontem e está confirmado. Artilheiro do time no Estadual, Diego Tardelli está animado com a chance. "Quero mostrar meu valor. Muitas coisas boas estão acontecendo comigo este ano", festeja o atacante, chamado para o Mundial Sub-20, em junho, na Holanda. "Ainda não tive muitas chances com o Autuori e quero deixar boa impressão."O Vasco terá Romário para buscar a primeira vitória. Nova derrota pode custar o cargo do técnico Dário Lourenço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.