São Paulo de olho no meia Renato, da Ponte Preta

Revelação do Paulistão é assediado; Ponte Preta tenta segurar o atleta até o final da competição

Alfredo Luiz Filho, Jornal da Tarde

19 de fevereiro de 2008 | 19h43

O São Paulo está de olho no meia Renato, de 23 anos, destaque da Ponte Preta no Campeonato Paulista. Um reforço que pode desembarcar no Morumbi para o Campeonato Brasileiro e, talvez, até para a reta final da Copa Libertadores da América. Antes disso, é impossível."Ele não sai da Ponte antes do fim do Campeonato Paulista. Tudo o que falarem é especulação. E também não vai assinar pré-contrato com ninguém", garantiu o empresário do jogador, Cândido Neto, que tem sido constantemente procurado. "Até agora só fomos sondados. E não só pelo São Paulo", emendou.Renato chegaria para reforçar uma das posições mais carentes do elenco, principalmente após as vendas de Souza para o PSG, da França, e de Leandro para o Verdy Tokyo, do Japão. Restaram apenas três meias para Muricy Ramalho: Hugo, Jorge Wagner e Carlos Alberto.Natural de Cajazeiras, na Paraíba, Renato Adriano Jacó Morais já marcou cinco gols no Paulistão. O contrato dele com o time campineiro vale somente até o fim do ano, mas isso não seria problema. Afinal, a Ponte Preta tem só 25% dos direitos do atleta - 25% são do próprio Renato e 50% da Ferroviária."A partir de julho ele já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube", explica Cândido Neto. "O vínculo com a Ponte termina no dia 31 de dezembro e com a Ferroviária, em dia 31 de janeiro." Vale ressaltar que Muricy confia na chegada de algum reforço antes da estréia na Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.