São Paulo deixa a modéstia de lado

O técnico Oswaldo Alvarez e os jogadores do São Paulo estão deixando a modéstia de lado. Embalado por quatro vitórias e um empate nas últimas cinco partidas, o time busca a liderança do Campeonato Paulista com uma vitória contra a Portuguesa Santista, neste sábado, no Estádio Ulrico Mursa, em Santos. "O primeiro objetivo, que era colocar o time entre os quatro primeiros colocados, já alcançamos. Agora queremos o primeiro lugar e a vantagem que essa colocação nos trará", disse Vadão.A vantagem a que o técnico se refere é enfrentar na fase semifinal o quarto colocado, e podendo jogar por dois empates. Ainda faltam sete rodadas para o final da primeira fase, contando o jogo deste sábado. O São Paulo é o terceiro colocado na tabela, com 16 pontos. O líder é o São Caetano (18 pontos), que joga domingo contra o União São João, em Araras. Na segunda posição (17 pontos), o Rio Branco também joga domingo contra o Guarani, em Campinas.Vadão respeita o time de Muricy Ramalho e sabe das dificuldades que encontrará em Santos. "Eles têm jogadores habilidosos, como Zinho e Jean Carlo", avaliou o técnico são-paulino. O fato de o adversário ter vencido os quatro jogos que disputou em casa, no entanto, não é visto como obstáculo pelo treinador. "A Ponte Preta também tinha 100% de aproveitamento em seu estádio e conseguimos um resultado muito bom", lembrou. Há duas semanas, o São Paulo perdia por 2 a 0 para a Ponte, empatou o jogo e ganhou o ponto de bonificação nos pênaltis.A última derrota do São Paulo aconteceu no dia 21 de fevereiro: 2 a 1 para o Fluminense, no Maracanã, pelas semifinais Rio-São Paulo. A diretoria ainda não pagou o prêmio de R$ 20 mil a cada jogador pela conquista do torneio, mas não há reclamações, pelo menos publicamente. "Premiação não nos preocupa. Fizemos um acerto para os campeonatos e não falamos mais sobre isso", revelou França, artilheiro da equipe com 5 gols, 4 atrás do zagueiro Andrei, do União São João, que é o melhor do Paulistão.Os jogadores estão afinados com o discurso de Vadão.? Já estamos entre os quatro que, hoje, se classificariam à semifinal. Queremos o primeiro lugar", afirmou o lateral-direito Belletti.Na segunda fase do Paulista do ano passado, também em Santos, a Santista venceu o São Paulo de Levir Culpi por 3 a 1. Belletti recebeu marcação implacável e apoiou pouco o ataque. Desta vez, ele garante que será diferente. "Vou partir para cima de quem estiver me marcando e cansá-lo."Vadão ainda não confirmou a escalação do time que iniciará a partida. Ele diz ter duas dúvidas no meio-de-campo: Fabiano ou Fábio Simplício e Carlos Miguel ou Kaká. A julgar por suas palavras, o mais provável é que Fabiano e Carlos Miguel comecem jogando. O primeiro "conhece bem a posição, tem mais cadência". Carlos Miguel ajuda na marcação. O zagueiro Wilson, com uma contratura na coxa esquerda, está fora da partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.