São Paulo derrota Grêmio por 3 a 1

O São Paulo só jogou futebol no segundo tempo. Ainda assim, um futebol apenas razoável. Foi o suficiente para vencer por 3 a 1, neste sábado à tarde, no Morumbi, um time do Grêmio que dá pena, de tão fraco. Mas o time paulista não tem nada com isso e aproveitou para voltar a ganhar depois de três tropeços no Campeonato Brasileiro. Vitória que levou o São Paulo a 58 pontos e à terceira posição, pelo menos até o complemento, neste domingo, da 33ª rodada. Já os gaúchos, na lanterna com 26 pontos, ficam cada vez mais perto do rebaixamento. Talvez consciente da fragilidade do adversário, o São Paulo ? desfalcado de alguns titulares e ainda com Luís Fabiano e Fabiano longe das melhores condições físicas ? esqueceu de jogar no primeiro tempo. Ofensivo e aproveitando as falhas de marcação da equipe paulista, o Grêmio dominou. Criou várias chances, mas o máximo que conseguiu foi chutar na trave. Roberto Rojas aproveitou o intervalo para fazer seu time acordar e, também, para colocar Rico no lugar do apagado Marco Antônio. O São Paulo adiantou a marcação, passou a ter mais volume de jogo. Então, a vitória ficou fácil. Aos 15 minutos, Fábio Simplício marcou um golaço. Recebeu de Rico e, da entrada da área, acertou o ângulo de Darnlei. Aos 20, saiu o segundo gol do Tricolor paulista, num lance que expôs toda a fragilidade do Grêmio. O zagueiro pananenho Baloy tinha a bola dominada na lateral do campo e tentou atrasar para Darnlei, que deixara o gol. Mas colocou a bola no pé de Simplício. O meia, então, teve apenas o trabalho de cruzar para Kleber completar. O Grêmio ainda diminuiria aos 35, com Ânderson Lima cobrando pênalti de Lugano em Christian. Pênalti que não existiu ? foi uma disputa normal de bola. Wilson de Souza Mendonça errou ao marcar. Erraria de novo aos 46 minutos, ao expulsar Kleber (que passou o jogo sofrendo faltas) por uma falta normal em Ânderson Lima. Dois minutos antes, o São Paulo já havia feito 3 a 1. Gabriel cobrou falta e Jean ganhou a disputa com o zagueiro para marcar de cabeça. Fim de jogo, alívio para os são-paulinos. ?O importante foi que ganhamos os três pontos??, resumiu Luís Fabiano. Rojas também falou com franqueza. ?Hoje, precisamos mais do resultado do que de jogar bonito.?? Pelo menos neste sábado, o São Paulo conseguiu o que precisava.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.