São Paulo derrota Guarani e vira vice-líder do Paulistão

O São Paulo foi a Campinas nesta quarta-feira e voltou com a vice-liderança do Campeonato Paulista. Mesmo sem apresentar um futebol vistoso, o time de Muricy Ramalho mostrou eficiência para vencer o Guarani por 2 a 0 e garantir o segundo lugar da competição graças ao saldo de gols. Somando sete pontos, o São Paulo leva vantagem sobre o Corinthians, por ter saldo de 4, contra 3 dos corintianos, que venceram o Botafogo também por 2 a 0 nesta quarta. O Guarani, que estava invicto no Paulistão, com duas vitórias, segue com seis pontos.Logo no início do jogo em Campinas, o São Paulo teve uma boa chance de abrir o placar. Aos dois minutos, Borges avançou pela esquerda e bateu cruzado, fazendo a bola passar perto da meta do goleiro Douglas. A equipe do técnico Muricy Ramalho seguiu melhor na partida, mas demorou a chegar novamente com perigo.Acuado no início, o Guarani foi se soltando aos poucos, aproveitando que o São Paulo tocava muito a bola, mas pouca definia gol. Com 25 minutos, o time tricolor conseguiu uma boa subida ao ataque. Em velocidade, Jorge Wagner invadiu a área pela esquerda e tentou o cruzamento rasteiro. A possível assistência, no entanto, saiu muito à frente, e ninguém alcançou.Com o São Paulo dando mais espaços, o Guarani aproveitou para equilibrar o confronto. Mesmo com as equipes disputando mais a posse de bola, os muitos erros de passe impediam que fossem criadas boas jogadas. Aos 30 minutos, Borges fez jogada individual e arriscou da entrada da área, acertando a trave esquerda da meta defendida por Douglas. Cinco minutos depois, foi a vez de Hugo invadir a área e ir quase até a linha de fundo para cruzar, mas nas mãos de Douglas. O Guarani então deu o troco com Cléverson. O atacante mostrou oportunismo para dominar dentro da área e chutar com perigo a gol, com a bola passando pouco acima do travessão. Bosco ainda seria testado no último minuto primeiro tempo, quando Bruno chutou e o goleiro fez a defesa em dois tempos. No segundo tempo, a partida mudou de figura. O Guarani voltou bem mais disposto a conquistar a vitória, e acabou recuando o São Paulo, que foi pressionado nos primeiros minutos. Depois que Fernando Gaúcho teve boa chance, mas Miranda travou o chute, o gol do time de Campinas só não saiu porque André Dias salvou os visitantes.Em erro na saída de bola, Bosco tentou consertar e João Paulo ficou com o gol livre para arriscar. O jogador do Guarani chutou, mas o zagueiro são-paulino estava bem colocado para desviar de cabeça no meio do caminho, mandando à linha de fundo. Mais tarde, aos 18 minutos, foi Bosco que evitou o gol de Fernando Gaúcho, em chute de longe defendido pelo goleiro, mesmo assim ainda tocando na trave. Com seu time pressionado, Muricy Ramalho decidiu fazer duas substituições. Tirou Hugo para a entrada de Richarlyson, e colocou Dagoberto no lugar de Borges. O São Paulo não melhorou de imediato, mas acabou achando o gol. Aos 21 minutos, Plínio marcou contra e abriu o placar em Campinas.Em um dos poucos ataques são-paulinos no segundo tempo, Jorge Wagner avançou pela ala esquerda e cruzou para a área, onde Washington estava posicionado entre dois jogadores do Guarani. O zagueiro Plínio esticou o pé para tentar afastar e mandou para a própria meta. O centroavante ainda comemorou como se o gol fosse seu, mas o árbitro viu bem a infelicidade do jogador do time campineiro.Após marcar o gol, o São Paulo melhorou em campo. Mesmo não recuperando o domínio do jogo, ao menos deixou de ser pressionado. Somente a partir dos 40 minutos o Guarani saiu para o abafa e deu trabalho para a zaga são-paulina. No entanto, no contra-ataque os visitantes acabaram definindo o confronto. Aos 44 minutos, quando o Guarani estava todo avançado, o São Paulo recuperou a bola e Washington lançou Dagoberto. O atacante parou dentro da área e esperou a chegada de Hernanes. O volante ainda ameaçou o chute antes de arrematar e fazer 2 a 0, definindo a segunda vitória do São Paulo no Paulistão e garantindo a vice-liderança da competição.Ficha Técnica:Guarani 0 x 2 São PauloGuarani - Douglas; Maranhão, Augusto, Plínio e João Paulo; Rafael Fefo, Glauber (Henrique), Bruno e Chiquinho (Walter); Cléverson e Fernando Gaúcho. Técnico: Luciano Dias.São Paulo - Bosco; Renato Silva, André Dias e Miranda; Zé Luís, Jean, Hernanes, Hugo (Richarlyson) e Jorge Wagner; Borges (Dagoberto) e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.Gols - Plínio (contra), aos 21, e Hernanes, aos 44 minutos do segundo tempo.Árbitro - Luiz Flávio de Oliveira.Cartões amarelos - Hernanes, Hugo e Andre Dias (São Paulo).Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.