São Paulo desafia jejum em clássicos e retrospecto ruim

São Paulo desafia jejum em clássicos e retrospecto ruim

Um time de chegada, mas que não vence clássicos. Esse é o retrato do São Paulo no Campeonato Paulista. O novo revés para o Santos no último domingo, por 3 a 2, no Morumbi, foi o quarto no ano em clássicos, sem contar a derrota para a Portuguesa. Agora, para avançar à final, a equipe tem que romper a atual escrita e vencer por dois gols de diferença na Vila Belmiro, no próximo domingo.

AE, Agência Estado

12 de abril de 2010 | 11h46

Neste Paulistão, a equipe perdeu para o Santos por 2 a 1 na primeira fase, quando Robinho foi decisivo com um gol de letra. O time do Morumbi ainda amargou uma derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, que passava por grande crise, no Palestra Itália, e depois foi derrotado pelo Corinthians, por 4 a 3, no Pacaembu. Para completar, logo na sua estreia no Paulistão, o time comandado pelo técnico Ricardo Gomes levou de 3 a 1 da Portuguesa.

E, além do jejum em clássicos, o São Paulo irá desafiar, contra o Santos de Robinho e Neymar, o retrospecto ruim que acumulou nas últimas três semifinais de Paulistão que disputou.

Em 2007, mesmo jogando no Morumbi por uma vaga na decisão, o São Paulo caiu por 4 a 1 diante do São Caetano e viu a equipe do ABC paulista se classificar para enfrentar o Santos na briga pelo título estadual.

No ano seguinte, depois de vencer o Palmeiras por 2 a 1 no primeiro duelo da semifinal do Paulistão, no Morumbi, o time são-paulino acabou sucumbindo no Palestra Itália, onde perdeu por 2 a 0 e deu adeus ao título.

Já em 2009, quando entrou com a vantagem de poder jogar por dois resultados iguais para chegar à decisão, o São Paulo foi derrotado por duas vezes pelo Corinthians, por 2 a 1, no Pacaembu, e 2 a 0, no Morumbi, amargando assim a terceira eliminação seguida em uma semifinal.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.