Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

São Paulo desembarca 'mudo' e Juvenal ironiza pichação

Clube reforçou o esquema de segurança e alguns policiais militares ficaram próximos ao ônibus da equipe, mas nenhum incidente foi registrado

FERNANDO FARO, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 14h39

O silêncio marcou o desembarque da delegação do São Paulo após a derrota por 4 a 3 para o Atlético Goianiense, quarta-feira, em Goiânia, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Preocupado com possíveis manifestações da torcida, o clube reforçou o esquema de segurança e alguns policiais militares ficaram próximos ao ônibus da equipe, mas nenhum incidente foi registrado.

Os jogadores preferiram o silêncio a explicar o motivo do primeiro tempo desastroso no Serra Dourada, quando a equipe sofreu quatro gols. Com poucas palavras e caminhando rapidamente, eles evitaram parar e alguns, como Denilson, colocaram os fones de ouvido para não precisarem responder.

Um dos poucos que comentou o tropeço, o zagueiro Rhodolfo lamentou o resultado e quer apagar a partida da memória para pensar apenas no Flamengo. "Foi um primeiro tempo ruim, infelizmente aconteceu e agora precisamos repetir o que fizemos no segundo tempo e pensar no Flamengo", afirmou.

Para o duelo do domingo, Ney Franco não poderá contar com Douglas e Casemiro, suspensos pelo terceiro amarelo. O treinador deve definir a equipe na atividade dessa sexta-feira.

Já o presidente Juvenal Juvêncio desembarcou sozinho, às 10h30, para evitar a imprensa, mas acabou flagrado e precisou responder sobre o momento atual da equipe.

Além de defender Ney Franco e lamentar os muitos desfalques da equipe, ele minimizou as pichações no muro do CT da Barra Funda pedindo sua saída do cargo e fez chacota das manifestações.

"Se você fosse são-paulina, não picharia para eu sair, mas sim para eu ficar", disparou em entrevista à rádio CBN.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.