São Paulo despacha o Vasco e pega o Flu

O São Paulo continua muito bem na Copa Sul-Americana. Enquanto times grandes como Corinthians, Palmeiras, Internacional e Cruzeiro foram eliminados e alegaram que a competição não passava de um ?caça-níqueis?, a equipe do Morumbi vem atuando com seriedade. Nesta quarta-feira à noite, em casa, ganhou do Vasco, por 2 a 1 e agora encara o Fluminense em dois jogos: o primeiro será em São Paulo, dia 17, e o segundo, dia 1º de outubro, no Rio. Bem diferente do duelo entre as equipes no Campeonato Brasileiro, no qual foi derrotado por 3 a 2 exibindo futebol fraco, o São Paulo esteve concentrado. Tocou a bola com rapidez, inteligência e facilidade, muitas vezes de forma bonita, e envolveu completamente o rival em boa parte do jogo, desperdiçando chances de gol. O diferencial: Kleber, suspenso na oportunidade e nesta quarta-feira, inspirado. Agora, resta saber se o São Paulo continuará com esta gana de vencer no Brasileiro. Até agora, a equipe vem oscilando bons e maus resultados e sempre que tem a chance de assumir o tão cobiçado primeiro lugar, a deixa escapar. Amarga resultados inesperados, principalmente em seus domínios, como as derrotas para Ponte Preta, por 2 a 1 e Internaciona, 2 a 0, além de empates com Criciúma e Bahia, por 0 a 0 e 2 a 2 respectivamente. São os famosos ?cinco minutos de pane?. O que aconteceu no segundo tempo, quando o Vasco, com Wellington Monteiro, aos 29, diminuiu e quase empatou com Morais. Contudo, agora a equipe tem o meia Ricardinho, que aos poucos vem encontrando seu melhor futebol. Nesta quarta-feira, armou o time com perfeição, mostrando a categoria que o consagrou no Corinthians. Além do jovem Kleber, atacante rápido e habilidoso. Contra o Vasco, deu o passe para o gol de Rico, em posição irregular, aos 6 minutos, e anotou o segundo, aos 21, após concluir jogada de Gustavo Nery. Rico, que nesta quarta teve nova chance entre os titulares, parece que continuará a ser uma opção do técnico Roberto Rojas. Apesar do gol, denominado de ?bad boy?, em homenagem a Luís Fabiano, não agradou o ?chefe? e recebeu bronca por causa das ?firulas?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.