São Paulo desperdiça muitas chances e perde do Millonarios

Time comandado por Muricy Ramalho esbarra na retranca colombiana e é castigado com contra-ataque mortal

11 de outubro de 2007 | 00h27

Como não acontecia desde o meio de 2004, o São Paulo perdeu nesta quarta-feira a terceira partida seguida - todas por 1 a 0 - e viu sua situação na Copa Sul-Americana se complicar. Mesmo jogando no Morumbi, o time de Muricy Ramalho foi derrotado pelo fraco Millonarios da Colômbia por 1 a 0 e agora na partida de volta, dia 24, em Bogotá, terá de vencer por dois gols de diferença para avançar às semifinais.  Veja Também: Calendário / Resultados  Para piorar, a derrota desta quarta fez o torcedor são-paulino se lembrar do revés de domingo diante do rival Corinthians. Como no clássico, o time até jogou melhor que o adversário, mas foi surpreendido no final com o gol de um defensor. Desta vez foi o lateral Zapata, que acabara de entrar na partida. Após mais uma derrota, o time saiu vaiado pelos 6 mil torcedores que foram ao Morumbi. "A torcedor quer vitória. Depois de duas derrotas em casa, ele tem todo o direito de vaiar. A sorte não está com a gente, mas não podemos deixar isso atrapalhar o foco", disse o volante Richarlyson, que reclamou do cansaço. "Não só o físico, como o psicológico. Isto está atrapalhando", completou.  Na noite desta quarta, o time até jogou melhor que nas derrotas para Flamengo e Corinthians, criando diversas chances de gol, principalmente no segundo tempo. A bola, porém, insistiu em não entrar. "Foi aquela velha máxima do futebol. Quem não faz, toma", definiu Hernanes. São Paulo0Bosco, Breno, Andre Dias e Miranda; Souza (Jorge Wagner), Hernanes, Richarlyson    , Hugo e Júnior; Leandro e Diego Tardelli (Aloísio)Técnico: Muricy RamalhoMillonarios1Blandon, Salinas, Martinez, Mosquera     e Diaz (Zapata); Bedoya    , Robayo, Ciciliano e Quintero    ; Villagra e EstradaTécnico: Mario VanemerakGols: Zapata, aos 38 minutos do segundo tempoÁrbitro: Sérgio Pezzota (ARG)Renda: R$ 105.515,00Público: 6.522 pagantesEstádio: Morumbi A primeira boa chance do São Paulo no jogo veio aos 9 minutos, após Souza entrar driblando na área e cruzar para Richarlyson, que chutou para fora. Aos 28, foi a vez de Hugo desviar cobrança de falta de Souza, mas a bola foi para fora.  A última chance do primeiro tempo, veio com Souza, que recebeu bom passe de Tardelli, mas não conseguiu passar pelo goleiro Bledón.  No segundo tempo o São Paulo voltou bem mais aceso. Miranda, aos 3, e Tardelli, aos 6 - após belo chapéu de Hugo na área -, tiveram boas chances de cabeça, mas não conseguiram marcar. Aos 19, Júnior tocou para Aloísio, que chutou bem, mas o goleiro espalmou. Pouco depois, Aloísio devolveu a assistência, mas Júnior mandou para fora. Como o São Paulo não fazia, o Millonarios aproveitou. Aos 38 minutos, Estrada lançou Zapata, que tocou na saída de Bosco. "Fomos infelizes, mas temos de ter tranqüilidade para nos recuperarmos contra o Fluminense", resumiu André Dias.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCCopa Sul-Americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.