São Paulo deve abolir concentração neste fim de semana

São Paulo deve abolir concentração neste fim de semana

Muricy Ramalho amadurece a ideia desde os tempos de Santos e terá conversa com os atletas para colocá-la em prática

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

24 de outubro de 2014 | 12h37

O São Paulo deve fazer neste fim de semana um teste para os jogadores, abolindo a concentração antes da partida contra o Goiás, que acontece nesta segunda-feira, às 20h30, no Morumbi, no fechamento da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Como o time terá compromissos na quinta (contra o Emelec, no Equador, pela Copa Sul-Americana) e no domingo (contra o Criciúma, em Santa Catarina), Muricy Ramalho resolveu deixar os jogadores aproveitarem o fim de semana com a família.

Não é a primeira vez que o técnico flerta com a ideia, que vem amadurecendo desde os tempos de Santos. Muricy primeiro vai conversar com o grupo e dará sinal verde para os atletas caso a maioria opte por passar o domingo em casa.

"Somos seres humanos, não vemos a família e é muito difícil, alguns têm filhos recém-nascidos e não têm esse contato, o que é ruim. Mas os jogadores são muito profissionais nesse aspecto de disciplina, eles se comportam bem, a questão de horário melhorou muito. É questão de confiança, os jogadores são profissionais. Alguns gostam de concentrar porque às vezes tem gente em casa que atrapalha", afirmou o treinador.

Muricy aproveitou a deixa para voltar a criticar a desorganização do calendário brasileiro. Ao falar sobre a partida na segunda-feira, o treinador lembrou que o compromisso já foi remarcado anteriormente e reclamou do que enxerga como falta de empenho dos demais treinadores.

"São coisas que só acontecem no nosso futebol, o jogo estava marcado. Agora eles dizem que tinha o clássico (entre Palmeiras e Corinthians, no Pacaembu), será que não sabiam? E aí tem a Sul-Americana na quinta e depois jogamos em seguida. Tá ficando chato eu falar, parece que meus colegas estão todos satisfeitos", ironizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.