Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

São Paulo deve definir venda de Jonathan Cafu até segunda-feira

Atacante está perto de fechar com o Ludogorets, da Bulgária

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

17 de julho de 2015 | 19h03

O São Paulo deve definir até segunda-feira a negociação de Jonathan Cafu com o Ludogorets Razgrad, da Bulgária. O clube do Morumbi recebeu uma proposta de compra do time europeu e que é mais interessante do que a oferta anterior, por empréstimo. Como o atacante tem recebido poucas chances na equipe, a negociação pode se concretizar.

Metade dos direitos econômicos do jogador pertencem ao São Paulo. O restante é dividido entre o fundo de investimentos Doyen Sports e o empresário do jogador, Luiz Carvalho, que está em Portugal e pretende aproveitar a passagem pela Europa para definir a negociação. A tendência é que o São Paulo receba cerca de R$ 3,8 milhões pela transferência.

Cafu fez 13 jogos pelo time e marcou um gol, contra o Danubio, pela Copa Libertadores. O ex-Ponte Preta foi titular pela última vez na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, na Arena da Baixa, pelo Brasileirão, e na maioria das ocasiões, fica no banco de reservas durante as partidas.

O atacante Luis Fabiano também recebeu propostas de times do exterior, mas a princípio deve continuar no clube. O Cruz Azul desistiu da tentativa ao receber do São Paulo o pedido de R$ 9,4 milhões para liberar o jogador de 34 anos, que tem contrato válido somente até dezembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.