São Paulo deve fazer busto para homenagear ex-zagueiro Bellini

Presidente Juvenal Juvêncio revela que vai levar ideia para discussão no Conselho

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

21 de março de 2014 | 12h57

SÃO PAULO - O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, disse nesta sexta-feira, durante visita ao velório do ex-zagueiro Bellini, que o clube deve fazer um busto em homenagem ao ex-jogador, que faleceu na última quinta-feira aos 83 anos. Bellini foi o capitão do primeiro título mundial da seleção brasileira, em 1958, na Suécia.

"Vamos discutir com o Conselho do clube uma forma se perpetuar a imagem do Bellini. Ele era um líder, um jogador vigoroso e que sempre ficará marcado no futebol", disse o dirigente. O corpo de Bellini foi velado no salão nobre do Estádio do Morumbi e à tarde será levado para a cidade natal dele, Itapira, onde seguirá para a Câmara Municipal. O enterro será no sábado às 11 horas.

O jogador tinha Mal de Alzheimer e faleceu em um hospital de São Paulo. Bellini atuou entre 1962 e 1969 pelo São Paulo e jogou também por Vasco e Atlético PR. "Falar de Bellini é falar de Copa do mundo. Ele era um exemplo de humildade e sempre terá um simbolismo especial para nós, do futebol", disse Juvenal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.