São Paulo dispensa empate em Quilmes

A confiança entre os jogadores são-paulinos é tão grande que estão achando ruim um empate na Argentina diante do Quilmes nesta quarta-feira. ?Eles é que se cuidem com a gente, vamos proporcionar perigo?, adverte o lateral Cicinho. ?Entrar em campo pensando em brigar e em empatar é burrice?, afirma o atacante Grafite, artilheiro do time na competição e, que ao lado de Diego Tardelli, formará a dupla com objetivo de acabar com a falta de gols em terras argentinas. ?Não é um Boca Juniors, nem um River Plate, mas temos de encarar o jogo como clássico, como se fosse contra Corinthians ou Palmeiras.?Tardelli, estreante no time titular em Libertadores, acredita em ser o responsável pelo fim do tabu de gols. Pela sorte que dá contra rivais argentinos. ?Meu gol mais bonito fiz contra o River Plate (Copa Sul-Americana). Vivo fase muito boa e espero fazer gols.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.