São Paulo diz que aprendeu com erros do passado

A diretoria do São Paulo parece ter aprendido a lição. Depois de um mau planejamento em 2008, com contratações duvidosas e arriscadas, os dirigentes tricolores agiram rapidamente. Nem bem terminou o Campeonato Brasileiro e o projeto para a próxima temporada já foi traçado e está adiantado. Duas contratações já garantidas - Wagner Diniz e Eduardo Costa - e uma que será confirmada nesta semana, Washington, do Fluminense. Dessa forma, o técnico Muricy Ramalho contará com o elenco completo na reapresentação do time, em janeiro, para iniciar a luta pelo título da Copa Libertadores. A diretoria renovará, ainda, o contrato do zagueiro Rodrigo, que pertence ao Dinamo de Kiev, da Ucrânia.Os cartolas tricolores aprenderam com as falhas deste ano. Primeiro porque não trarão mais jogadores com contrato de apenas seis meses. Desistiu, também, de contratar atletas rotulados como bad boys, a exemplo de Carlos Alberto, Adriano e Fábio Santos, que causaram muitos problemas enquanto estiveram no clube. "Foi uma fórmula que não deu certo nesta temporada", admite o diretor João Paulo de Jesus.Além desses atletas, o São Paulo não fez boas apostas em alguns destaques do Campeonato Brasileiro de 2007. O zagueiro Juninho, que veio do Botafogo, pouco jogou. Foi parar na reserva e, no fim do torneio, mal era relacionado. Joilson atuou por causa da contusão de Zé Luis. Em 2009, também perderá espaço com a chegada de Wagner Diniz, do Vasco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.