São Paulo diz que já "esqueceu" o tri

O São Paulo é um time "mordido", pronto para pegar o Atlético Mineiro, nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, a partir das 21h45, e recuperar-se no Campeonato Brasileiro. Esta é a análise feita pelo técnico Paulo Autuori. Ele acredita que terminou de vez a ressaca pela conquista do tri da Libertadores. "Já tiramos a foto oficial. O Luizão veio aqui, despediu-se da gente. Agora, acabou! Foi o último resquício. Com todo o respeito que o Atlético nos merece, porque é um grande time, vamos para Minas vencer o jogo", avisou Autuori.Para o técnico, o que tem atrapalhado o São Paulo não é a falta de atenção, nem um possível deslumbramento com a conquista do título sul-americano. O motivo é mais simples: erros de finalização. "Perdemos para o Santos, mas tivemos chances de fazer mais do que o gol que fizemos. Poderíamos empatar. Contra o Brasiliense, o jogo estava ganho, mas perdemos várias chances. E contra o São Caetano, também chutamos bastante a gol. No mínimo, poderíamos empatar. Agora, é hora de acabar com esses erros e voltar a ganhar", disse Autuori.E ele muda o time para conseguir os três pontos. Como o Atlético joga ofensivamente, o São Paulo voltará a contar com três zagueiros. Alex será o da sobra, com Fabão aberto pela direita e Edcarlos na esquerda. O meia Souza deixa a equipe. Quem volta ao time é Júnior, que cumpriu suspensão automática. Com ele e Cicinho, o São Paulo fica mais forte no esquema 3-5-2. Uma vez mais, o lateral-esquerdo revelou que está perto de renovar seu contrato, que termina no final de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.