Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

São Paulo e Atlético-MG disputam a vinda do atacante Fred

Jogador deve deixar o Fluminense após atrito com Levir Culpi

O Estado de S. Paulo

13 de abril de 2016 | 18h12

No dia seguinte à declaração do presidente do Fluminense, Peter Siemsen, de que o clube ainda tinha esperança de manter Fred no elenco, o atacante ficou um pouco mais longe das Laranjeiras. Nesta quarta-feira a possibilidade de o artilheiro jogar no Atlético-MG cresceu e, além disso, o São Paulo também demonstrou interesse. O jogador não parece mesmo disposto a se reconciliar com o técnico Levir Culpi.

Depois de ser revelado pelo América e jogar no Cruzeiro, Fred, aos 32 anos, estuda com carinho a hipótese de voltar a Minas Gerais. Para isso, já teria até aceitado reduzir seus salários para R$ 500 mil mensais - especula-se que receba R$ 800 mil no Tricolor carioca.

Nesta quarta, o irmão e empresário de Fred, Rodrigo Chaves, viajou para Belo Horizonte. Seu objetivo seria negociar com os dirigentes da equipe. O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, negou o interesse e garantiu que o único foco do clube neste momento é a partida desta noite contra o Melgar, que pode garantir o time na segunda fase da Copa Libertadores.

Apesar disso, na capital mineira comenta-se que o interesse do Atlético por Fred é real e que o clube estuda até oferecer dois jogadores ao Fluminense como maneira de facilitar a negociação. O problema é que um deles, o meia Dátolo, não estaria disposto a trocar de clube. O argentino trabalhou com Levir Culpi recentemente, no mesmo Atlético, e não teve problemas graves com o treinador.

O São Paulo também cogita a possibilidade de ter Fred, mesmo porque o técnico Edgardo Bauza já pediu um goleador de peso à diretoria - ele vai perder Calleri no meio do ano, pois o argentino seguirá para a Internazionale de Milão.

Um dos entraves, porém, é o salário do artilheiro. No Morumbi, o salário máximo é de R$ 400 mil, e Fred dificilmente aceitará esse valor.

Seja como for, o São Paulo também se disporia a colocar jogadores na negociação com o Fluminense. No clube, porém, ninguém confirma oficialmente o interesse por Fred. Há quem diga que o que existe de fato são intermediários oferecendo o jogador para vários clubes e não estes demonstrando interesse.

Fred voltou a treinar separado do restante do elenco do Fluminense ontem. Ficou por cerca de uma hora no gramado do campo das Laranjeiras, fazendo exercícios físicos. Ele foi ao clube pela manhã, enquanto o grupo treinou à tarde para o jogo de domingo com o Vasco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.