Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

São Paulo e Botafogo lamentam assassinato do meia Daniel

Cruzeiro, Ponte Preta e Curitiba também divulgam notas de pesar pela morte do jogador

Estadão Conteúdo

29 Outubro 2018 | 13h46

O assassinato do meia Daniel, de apenas 24 anos, rendeu homenagens dos clubes pelos quais o atleta passou. Nesta segunda-feira, times como Botafogo e São Paulo divulgaram em seus sites oficiais notas de pesar, um dia após o crime ocorrido na região metropolitana de Curitiba.

"O São Paulo Futebol Clube lamenta profundamente o falecimento do meia-atacante Daniel, que defendeu o clube em 2015 e 2016, e foi encontrado morto em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no último final de semana", publicou o clube paulista.

"O Botafogo de Futebol e Regatas lamenta o falecimento de seu ex-atleta Daniel Corrêa Freitas, encontrado morto neste sábado em Curitiba, aos 24 anos", reforçou o time carioca.

Ambos ainda prestaram solidariedade à família e aos amigos do jogador. O Cruzeiro, onde Daniel foi revelado, o Coritiba e a Ponte Preta, onde passou por empréstimo, também se manifestaram em curtos comunicados através das redes sociais. O atleta estava emprestado ao São Bento, de Sorocaba, para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Daniel foi encontrado morto em uma estrada na região rural de São José dos Pinhais. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o jogador foi atacado por uma "arma branca". A investigação da polícia, por sua vez, indica que ele foi vítima de um crime brutal e violento.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.