São Paulo é campeão do Rio-SP

O São Paulo venceu o Botafogo por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira à noite no Morumbi, e conquistou o seu primeiro título do Torneio Rio-São Paulo. O time carioca abriu o placar no fim do primeiro tempo com Donizete. Depois do intervalo, o São Paulo reagiu com dois gols de Cacá. Mais de 70 mil torcedores foram ao Morumbi. O São Paulo havia vencido a primeira partida da final por 4 a 1 e podia perder nesta noite por até dois gols de diferença que seria campeão. Com o título, se classificou para a Copa dos Campeões do Brasil, competição que reúne os campeões regionais e que vale uma vaga na próxima Libertadores.Quem foi ao estádio estava preparado até para a possibilidade de o time perder a partida, não o título. A conquista é o primeiro campeonato de projeção nacional do técnico Oswaldo Alvarez. Os dois gols de Cacá também coroam uma geração de jovens jogadores que surgem no Morumbi. O Botafogo, como se esperava, começou o jogo pressionando e aos 6 minutos criou sua melhor oportunidade no primeiro tempo, num chute de Rodrigo, de fora da área. A bola bateu no travessão. Com menos de 20 minutos de jogo, no entanto, o São Paulo equilibrou o jogo e chegou a criar oportunidades. Luís Fabiano e França perderam três oportunidades de gol. O Botafogo, no entanto, chegaria ao seu primeiro gol aos 39 minutos, com o experiente Donizete. Ele recebeu lançamento na esquerda, nas costas de Rogério Pinheiro, e, quase sem ângulo, a um passo da linha de fundo, tocou para o fundo das redes de Roger. O jogo começava a ficar dramático. Ao final do primeiro tempo, o técnico Sebastião Lazaroni não levou os jogadores para o vestiário. Ele manteve o time no gramado, como se estivesse no Maracanã, com o apoio de sua torcida. Na volta do vestiário, os jogadores do São Paulo também se reuniram e fizeram uma corrente. "Vamos consertar, o time está um pouco ansioso", dizia Vadão, tentando esconder o próprio nervosismo.O time só se encontrou quando Cacá entrou em campo. Um chute forte, que a zaga botafoguense cortou, era o primeiro sinal de que Cacá faria história. Aos 35 minutos, ele recebeu um passe de Luís Fabiano, na grande área. Da marca do pênalti, chutou sem defesa para Wágner. Dois minutos depois, o garoto faria seu gol mais bonito: recebeu passe de França, driblou um zagueiro com a perna esquerda e, com categoria, chutou de direita para o gol. Era o que faltava para incendiar o Morumbi.Papel de parede São Paulo campeão do Rio-SP 2001 640 x 480 800 x 600 1024 x 7681º - clique sobre um dos links; 2º - após abrir a foto, clique com o botão direito do mouse sobre ela; 3º - escolha a opção ´definir como papel de parede´.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.