Sergio Castro e Evelson de Freitas/Estadão
Sergio Castro e Evelson de Freitas/Estadão

São Paulo e Corinthians finalmente oficializam troca de Jadson e Pato

Jogadores assinam contratos e esperam estreia; a do reforço alvinegro será contra o Palmeiras

Fernando Faro, Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 19h05

SÃO PAULO - São Paulo e Corinthians finalmente oficializaram na tarde desta sexta-feira a troca acertada na semana passada. Com a assinatura de contrato de todas as partes envolvidas, o atacante Alexandre Pato passou a fazer parte do elenco são-paulino e o meia Jadson fez o caminho contrário para reforçar o grupo corintiano.

A troca entre os dois clubes já estava acertada desde a semana passada, mas faltava resolver algumas pendências para que os contratos fossem assinados e o negócio pudesse ser formalizado - o maior entrave era o Corinthians acertar o pagamento de uma dívida que tinha com Pato, o que finalmente foi resolvido.

Assim, os dois jogadores assinaram contrato com seus novos clubes na tarde desta sexta-feira. Como Pato já estourou o limite de jogos pelo Corinthians no Paulistão, só poderá estrear pelo São Paulo na Copa do Brasil, a partir do dia 12 de março. Jadson, por sua vez, está liberado para defender a camisa corintiana no clássico deste domingo contra o Palmeiras - sua inscrição foi regularizada na Federação Paulista de Futebol (FPF).

O negócio foi bom para os dois jogadores, que vinham em baixa em seus clubes e precisavam mudar de ares. Pelo acordo, Jadson fica em definitivo no Corinthians, enquanto Pato está emprestado ao São Paulo até o final de 2015 - metade do salário do atacante continuará sendo pago pela diretoria corintiana nesse período.

Os dois jogadores já vinham treinando em seus novos clubes desde o começo da semana. Nesse curto período de tempo, Pato vem mostrando sinais de rápida adaptação no São Paulo, enquanto Jadson está pronto para estrear no Corinthians - deve ser titular diante do Palmeiras. Agora, é vida nova para ambos, após a troca entre os dois rivais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.