São Paulo e Corinthians não saem do 0 a 0

Finazzi e Alessandro perderam duas boas chances e Adriano teve um gol anulado no clássico no Morumbi

27 de janeiro de 2008 | 18h03

São Paulo e Corinthians se esforçaram e fizeram um bom jogo, mas não conseguiram sair do empate por 0 a 0 na tarde deste domingo, no Estádio do Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Um resultado razoável para ambos pelo fato de seguirem perto dos quatro primeiros, que garantirão vaga nas semifinais ao final desta fase.Veja também: Classificação Últimos resultados / Próximos jogos Vote: Adriano fez falta em William? Opine: Dagoberto sofreu pênalti de Chicão? Adriano e são-paulinos reclamam de gol anulado Adriano e Rogério Ceni falam do árbitro na saída do campoA vantagem, porém, continua sendo do São Paulo, que tem oito pontos, um a mais que o Corinthians. Os dois times terão a chance de encostar na líder Ponte Preta (12 pontos) na próxima quarta-feira, quando o time alvinegro joga contra Sertãozinho, fora (às 21h45), enquanto o time tricolor pegará o Rio Claro, em casa, no mesmo horário.CHANCES PARA AMBOSA melhor chance de gol do jogo foi de Finazzi. Logo aos seis minutos, Dentinho fez grande jogada e foi ao fundo cruzar na cabeça do atacante. Rogério Ceni errou a saída de gol e o atacante, sozinho, cabeceou. Mas alto e fora, para lamentação de sua torcida. Foi o mais perto que ele chegou ao gol em toda a partida. SÃO PAULO0Rogério Ceni    ; Joilson     (Carlos Alberto), André Dias, Miranda e Richarlyson; Fábio Santos, Hernanes, Souza e Jorge Wagner; Dagoberto e Adriano.Técnico: Muricy Ramalho CORINTHIANS0Felipe; Alessandro    , Chicão    , William e André Santos; Bruno Octávio, Perdigão (Bóvio), Carlão e Acosta (Lulinha); Dentinho (Coelho) e Finazzi.Técnico: Mano MenezesÁrbitro: Sálvio Spinola Fagundes FilhoRenda: R$ 666.390,00Público: 41.211 pagantesEstádio: Morumbi, em São Paulo (SP)Em finalizações, aliás, os corintianos sempre tiveram mais volume. André Santos e Bruno Octávio, porém, foram os jogadores que tiveram essas chances, mas este nunca foi o forte de ambos. Foi assim inclusive no segundo tempo, mas com a quantidade de chutes em número menor no começo.Aos 12 minutos, o Corinthians teve outra grande chance para marcar. Alessandro tabelou com Dentinho, recebeu na área e chutou forte a bola, que atingiu o travessão.Com a saída de Acosta (apagado no jogo), aos 18 minutos, para a entrada de Lulinha, o Corinthians ficou com um time bastante ofensivo. A partir daí, o time alvinegro passou a atacar mais e o São Paulo apostou nos contra-ataques, nas bolas longas e cruzadas. Souza e Richarlyson avançavam e cruzavam a bola em busca de Adriano, que teve dificuldades para ajeitar ou finalizar ao gol. E o São Paulo fez o goleiro Felipe trabalhar. Aos 26 minutos, Dagoberto recebeu na área e chutou para o adversário espalmar para fora. Antes disso, aos 18 minutos, ele mesmo foi atropelado por Chicão na área, mas o árbitro não deu pênalti.GOL ANULADOAos 41 minutos, Adriano chegou a marcar um gol de cabeça para o São Paulo, mas o árbitro marcou falta dele em William - se apoiou no zagueiro para alcançar a bola. Como a partida teve uma parada técnica para os jogadores, o tempo foi acrescido até 51 os minutos. Mas isso não adiantou nada para que alguém conseguisse marcar o gol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.