Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

São Paulo é o time com menos desarmes certos entre os primeiros colocados do Brasileirão

Equipe do Morumbi só fica à frente de Atlético-GO, Athletico-PR e Fortaleza

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2021 | 12h37

O ano de 2021 não está sendo nada bom para o São Paulo. A equipe do Morumbi virou a temporada na liderança, mas logo viu o topo ser 'roubado' pelo Internacional, muito por causa da péssima sequência que teve: são cinco jogos sem vencer, contando com duas goleadas, uma delas para o próprio rival gaúcho.

Há um diagnóstico: depois que sofre o primeiro gol, o São Paulo se perde emocionalmente em campo. Prova disso é o jogo com o Bragantino, em que o placar esteve 3 a 1 com menos de 20 minutos de bola rolando. Um reflexo da má fase do time tricolor é o baixo número de desarmes: das equipes do Brasileirão, é apenas a 17ª no quesito. Isso prova que os rivais jogam com liberdade.

Para efeitos de comparação, o Inter, atual líder com sequência de oito vitórias seguidas, é a equipe que mais neutraliza jogadas adversárias. Os comandados de Abel Braga têm 557 botes certos sobre os oponente, uma média de 17,4 por jogo e efetividade de 84,9%. A equipe de Fernando Diniz fica a frente apenas de Atlético-GO, Athletico-PR e Fortaleza, com 409 desarmes certos, média de 12,8 por partida.

O fato de interromper menos o ataque adversário acaba sendo refletido no marcador. O São Paulo sofreu, em janeiro, 12 gols, média de 2,4 por partida. Com destaque para os 4 a 2 para o Bragantino e os 5 a 1, em casa, diante do Internacional. Enquanto isso, os Colorados sofreram apenas quatro gols neste ano: dois para o Fortaleza, um para o São Paulo e um para o Grêmio.

Ainda restam seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e o time do Morumbi tem chances de ser campeão, precisando torcer para tropeços de seus concorrentes diretos. Para isso, o técnico Fernando Diniz terá, pela primeira vez neste ano, força total para seus próximos compromissos. Contra o Atlético-GO, domingo, o técnico tem os retornos de Gabriel Sara, de volta após indisposição contra o Coritiba, e Hernanes, recuperado da covid-19.

DESARMES ENTRE OS PRIMEIROS COLOCADOS DO BRASILEIRÃO

Inter: 557 certos, média de 17,4 por jogo.

Palmeiras: 526 certos, média de 16,4 por jogo.

Flamengo: 486 certos, média de 15,2 por jogo.

Atlético-MG: 441 certos, média de 13,8 por jogo.

São Paulo: 409 certos, média de 12,8 por jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.