São Paulo é tricampeão mundial de clubes

O São Paulo realizou um sonho neste domingo: é tricampeão mundial. Num jogo bem difícil, conseguiu vencer o Liverpool por 1 a 0 - gol de Mineiro - na decisão do Mundial de Clubes da Fifa e garantiu a conquista do título em Yokohama, no Estádio Internacional, no Japão.Esta é a primeira conquista são-paulina no torneio promovido pela maior entidade do futebol mundial, a segunda de um time brasileiro (o primeiro foi o Corinthians, em 2000). As conquistas de 1992 e 93 são reconhecidas pela entidade e foram pela extinta Copa Intercontinental, chamada no Brasil de Mundial Interclubes. O jogo - O primeiro tempo da partida - que logo a minuto de jogo precisou ser paralisado devido à invasão de campo de um torcedor - foi melhor para o Liverpool, que começou no campo de ataque, mas finalizava pouco. O São Paulo tentava se organizar e emplacar um contra-ataque, mas tinha dificuldades em acertar.Só foi conseguir isso aos 26 minutos, numa jogada perfeita. Fabão, na direita, ainda na intermediária, tocou para o meio, onde Aloísio recebeu e tocou, de ?três dedos?, para a frente, no meio da defesa do Liverpool. Na base da surpresa, Mineiro apareceu sozinho e só tocou a bola na saída do goleiro Reina, fazendo 1 a 0.No minuto seguinte o time inglês assustou, com Xabi Alonso acertando uma cabeçada no travessão numa cobrança de escanteio. Apesar de outras boas chances, o time tricolor virou o tempo com a vantagem no placar.Essa vantagem, porém, foi ameaçada no segundo tempo desde o começo. Logo aos seis minutos, numa cobrança de falta, Gerrard obrigou Rogério Ceni a fazer uma grande defesa. E o time brasileiro fez o possível para segurar o adversário, já que o Liverpool pressionou bastante.Com essa pressão, o Liverpool criou boas chances e continou desperdiçando jogadas. Teve gols anulados corretamente e colecionou muitos escanteios. Pressionou o tempo todo, mas não conseguiu fazer. E a festa é dos são-paulinos, que seguraram o placar e ergueram a taça.Ficha técnica São Paulo 1 x 0 Liverpool Gol - Mineiro aos 26 minutos do primeiro tempo. São Paulo - Rogério Ceni; Cicinho, Fabão, Edcarlos, Lugano e Júnior; Mineiro, Josué e Danilo; Amoroso e Aloísio (Grafite). Técnico: Paulo Autuori. Liverpool - Reina; Finnan, Carragher, Hyypia e Warnock (Riise); Xabi Alonso, Luís Garcia, Gerrard e Sissoko (Sinama); Kewell e Morientes (Crouch). Técnico: Rafa Benítez. Juiz - Benito Armando Archundia (MEX). Cartões amarelos - Lugano e Rogério Ceni. Público - Não disponível. Local - Estádio Internacional, em Yokohama (Japão).

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2005 | 10h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.