São Paulo elimina o Flamengo-PI

Em seus últimos três jogos, o São Paulo havia marcado média de quatro gols. Foi assim contra Flamengo (4 a 2) e Ponte Preta (4 a 1), pelo Torneio-Rio São Paulo, e Treze (4 a 1) pela Copa do Brasil. Mas nesta quarta-feira o time do Morumbi se superou. Goleou o Flamengo, do Piauí, por 5 a 0, em noite inspirada do convocado França. Como o jogo tinha mando dos piauienses, a equipe de Nelsinho Baptista garantiu a vaga antecipada para a terceira fase da Copa do Brasil. O adversário sai do confronto entre Figueirense e Vitória. Evitar o segundo jogo não foi apenas um pedido de Nelsinho. Foi uma determinação. E depois do susto levado na estréia da competição (derrota para o Treze, da Paraíba, por 1 a 0), os jogadores do São Paulo entenderam o recado. ?Aprendemos muito com isso e hoje fizemos tudo certo?, afirmou França, destaque da partida. Ao contrário do primeiro jogo, a equipe manteve o mesmo ritmo, principal problema apontado pelo treinador na derrota para os paraibanos. E os paulistas começaram rápido. Logo aos 9 minutos, o atacante Reinaldo recebeu a bola pela direita. Diante da frágil marcação dos piauienses, conseguiu cruzar a bola. França, bem posicionado e mal marcado, tocou no canto esquerdo do goleiro Everaldo. Superiores em campo, os são-paulinos não encontraram dificuldade para dominar o adversário, nitidamente inferior tecnicamente, como já previra Nelsinho. É verdade que o segundo gol demorou para sair. Somente aos 42, Reinaldo conferiu, após boa tabela com França. No segundo tempo, nem mesmo o ?apagão? de duas das quatro torres de iluminação, aos 10, diminuiu o ritmo do São Paulo. O jogo ficou interrompido durante 25 minutos, mas quando retornou, Kaká, aos 17, tratou de ampliar, desta vez de cabeça. Dois minutos depois, França entrou livre na área e tocou na saída de Everaldo. Aos 32, novamente França, desta vez de pênalti, fechou a goleada tricolor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.