Reprodução/Twitter/SaoPauloFC
Reprodução/Twitter/SaoPauloFC

São Paulo elimina Vitória nos pênaltis e vai às semifinais da Copa São Paulo

Após empate por 2 a 2 no tempo normal, tricolor paulista faz 4 a 3 nos pênaltis e aguarda adversário

Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2018 | 19h06

O São Paulo está nas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em um jogo com quatro gols, o time paulista eliminou o Vitória nas cobranças de pênalti por 4 a 3, após o empate no tempo normal por 2 a 2 no estádio Santa Cruz, nesta quinta-feira em Ribeirão Preto, pelas quartas de final da competição. O adversário na próxima fase sai do jogo entre Santos e Internacional, que jogam em Franca, também nesta quinta.

+ TEMPO REAL: Confira a narração da partida

Em um chute de rara felicidade, Flávio abriu o placar para o Vitória aos 14 minutos de bola rolando. Toró, artilheiro do São Paulo na competição, deixou tudo igual aos 31 minutos. Antes do final do primeiro tempo, aos 45, Lucas Ribeiro subiu mais que todo mundo e deixou os baianos novamente à frente no placar. Depois de muito insistir, os jovens de Cotia conseguiram o empate novamente com Toró, aos 32 minutos da etapa final.

Durante a parada técnica do primeiro tempo, a ambulância do estádio precisou atender um torcedor, que foi encaminhado para o hospital mais próximo, atrasando o reinício da partida. O jogo ficou paralisado por aproximadamente 15 minutos, acrescidos pelo árbitro.

Mesmo classificado, o São Paulo perdeu os 100% de aproveitamento que ostentava até então. Na fase de grupo venceu Cruzeiro-DF, Sergipe-SE e Botafogo-SP. Na segunda fase, eliminou a Chapecoense, depois bateu novamente o Botafogo-SP. Nas oitavas de final, passou pelo Cruzeiro. Todos os jogos foram realizados em Ribeirão Preto. Para as quartas de final, a Federação Paulista de Futebol (FPF) ainda precisa confirmar a sede, datas e horários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.