São Paulo empata com Ituano em estreia no Paulistão

Na primeira partida do São Paulo no Campeonato Paulista, nesta quarta-feira, a equipe não passou de um empate por 1 a 1 com o Ituano, no Morumbi. Com dez jogadores remanescentes do grupo hexacampeão brasileiro, a falta de entrosamento não foi problema para o time do técnico Muricy Ramalho, que pecou mesmo na hora de definir a gol.O empate na estreia veio mesmo com o São Paulo dominando a partida. O Ituano, que ameaçou apenas em poucos contra-ataques no segundo tempo, achou seu gol em uma falha do zagueiro Miranda, que marcou contra. Antes, a equipe são-paulina havia aberto o placar logo no início, com Hugo. No fim, o time do interior soube segurar a igualdade e ambas as equipes saíram do Morumbi com um ponto somado. Uma garoa insistente marcou o início da partida no Morumbi. O tempo ruim parecia ter contagiado as equipes, que primavam pela calma no toque de bola, sem criar chances reais de gol. Quando decidiu partir para o ataque com mais disposição, porém, o São Paulo logo abriu o placar.Aos 11 minutos, Borges fez as vezes de garçom. O centroavante recebeu de costas dentro da área do Ituano e esperou a passagem de Hugo pela esquerda para fazer o passe. O meia chegou batendo de primeira, colocado, sem chances de defesa para o goleiro Alexandre Fávaro. Se o goleiro do Ituano nada pôde fazer no primeiro gol são-paulino, logo depois começou a mostrar boa técnica para defender os chutes de fora da área do São Paulo. O primeiro a testar Alexandre Fávaro foi Jorge Wagner. O ala arrematou de longe, a bola quicou com perigo, e o goleiro mandou para escanteio.O arqueiro do Ituano ainda defenderia da mesma maneira um chute de longe de Jean, aos 26 minutos, antes de sua equipe achar o empate. Mesmo tendo chegado apenas uma vez na frente, em chute cruzado de Henrique, defendido por Rogério, a equipe de Itu conseguiu a igualdade em um lance de sorte, e azar para o zagueiro são-paulino Miranda. Aos 36, Ricardo Xavier cabeceou fraco o cruzamento de Henrique. Rogério Ceni ia na bola, mas Miranda tentou dominar no peito e acabou jogando contra a própria meta. O zagueiro ainda tentou correr para salvar a falha, mas já era tarde, e Rogério estava caído no canto oposto. Até o fim do primeiro tempo, Alexandre Fávaro voltou a aparecer bem em chute de fora da área de Hernanes. Na etapa final de jogo, a pressão do São Paulo aumentou, e a equipe sufocou o Ituano nos primeiros minutos. Primeiro Dagoberto invadiu a área mas chutou fraco, nas mãos do goleiro. E depois Hugo, na frente do gol, tentou uma finta para poder chutar de esquerda, mas foi travado na hora do arremate.Avançado para tentar o segundo gol, o São Paulo começou a dar espaços para o contra-ataque do Ituano. Em uma das descidas da equipe do interior, Anderson Aquino avançou pela direita e tinha dois companheiros dentro da área. No cruzamento, porém, André Dias conseguiu afastar o perigo.Na tentativa de melhorar a armação da equipe, o técnico Muricy Ramalho promoveu a entrada de Arouca no lugar de Dagoberto, pouco antes dos 30 minutos. Hugo, que deveria fazer a função, jogava mais adiantando, como segundo atacante. Desta maneira, quase fez um gol de placa aos 33 minutos, ao pegar de bicicleta o cruzamento de Jorge Wagner. A bola passou raspando a trave esquerda do gol de Favaro.O São Paulo continuava pressionando, enquanto o Ituano apenas se defendia. Aos 35 minutos, foi a vez de Borges receber passe dentro da área, dominar no peito e fazer o giro, arrematando para fora. Na sequência, Jean errou a saída de bola e o time do interior quase marcou, em chute de Ricardo Xavier, que saiu perto da meta são-paulina.Até o fim da partida no Morumbi, Muricy ainda colocou André Lima no lugar de Hugo para dar mais poder ofensivo ao São Paulo. No entanto, as muitas trocas de passe na frente da área adversária, sem definição a gol, acabaram custando o empate ao time tricolor, que ao menos mostrou o mesmo entrosamento de 2008.Ficha Técnica:São Paulo 1 x 1 ItuanoSão Paulo - Rogério Ceni; André Dias, Miranda e Renato Silva; Joilson (Wagner Diniz), Jean, Hernanes, Hugo (André Lima) e Jorge Wagner; Dagoberto (Arouca) e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.Ituano - Alexandre Fávaro; Henrique, Thiago Bernardi, Anderson e Ceará; Érick, Serginho (Ticão), Carlos Eduardo e Muriqui (Xaves); Alex Afonso (Anderson Aquino) e Ricardo Xavier. Técnico: Vinícius Eutrópio.Gols - Hugo, aos 11, e Miranda (contra), aos 36 minutos do primeiro tempo. Árbitro - Robério Pereira Pires.Cartões amarelos - Borges (São Paulo); Anderson e Érick (Ituano).Renda - R$ 275.110,00.Público - 11.402 torcedores.Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.