São Paulo encara amistoso com seriedade

O técnico Roberto Rojas vai utilizar o amistoso desta quarta-feira, às 19 horas, contra o Ituano, em Itu, para aprimorar o time do São Paulo para a "decisão" de domingo diante do Figueirense, em Florianópolis, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador quer dar ritmo de jogo a Ricardinho, que retornou ao time há 15 dias e ainda não está rendendo tudo o que pode. Aprimorar o entrosamento é outra meta. Tudo porque, no domingo, o São Paulo terá nova chance de assumir a liderança do Brasileiro e, dessa vez, não pretende repetir os erros de outras partidas, em que vivia situação idêntica.Por isso, ninguém será poupado, mesmo com o risco de contusões. "Temos de treinar. Então, vamos para Itu para continuar o trabalho", afirmou Rojas, descartando a possibilidade de testes. Repetirá a escalação do time que venceu o Vasco por 2 a 1.O jogo, contudo, não terá clima de amistoso para um jogador são-paulino: o atacante Rico, que busca vaga entre os titulares. "Vou encarar a partida como se fosse do Campeonato Brasileiro", disse. Tanta vontade tem explicação. Ele e Kleber lutam para ganhar a condição de companheiro de Luís Fabiano. "O Rojas podia optar por três atacantes, assim acabaria logo com isso. Uma vez sou eu, outra o Kleber, outra o Diego (Tardelli) e todos fazem gols."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.