Divulgação
Divulgação

São Paulo envia nova proposta por Jucilei e aguarda Anzhi

Clube tenta convencer Anzhi a vender o volante, cujo contrato acaba em dezembro

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

08 de janeiro de 2014 | 04h53

SÃO PAULO - O São Paulo aposta no tempo como aliado para concretizar a negociação com Jucilei, um dos maiores objetivos do clube para a temporada. Como o volante só tem contrato até dezembro deste ano e a partir de julho pode assinar um pré-acordo com outro clube e sair de graça, o Tricolor encaminhou nova proposta aos russos e bate na tecla de que é melhor lucrar menos que os 5 milhões (R$ 16 milhões) pedidos ao invés de deixá-lo ir sem nenhuma contrapartida. O atleta já avisou que quer voltar para o país o quanto antes.

Jucilei é um dos últimos remanescentes do período de bonança do Anzhi, que viveu um ‘boom’ em 2011 quando o bilionário Suleyman Kerimov comprou o clube e passou a investir em estrelas milionárias como o camaronês Samuel Eto’o e os brasileiros Roberto Carlos e Willian. Em agosto do ano passado, desistiu da atividade e passou a vender seus atletas mais valiosos para investir em garotos, tática que até aqui não deu certo – o Anzhi é o lanterna do campeonato local.

“Realmente é um jogador que nos interessa, mas não é o único na posição, estamos trabalhando com outras alternativas. Se não conseguirmos o Jucilei, já temos outras possibilidades. As questões do Jucilei são alta remuneração e alto custo de transferência. Se isso for superado, existe a possibilidade de ele vir”, explica o vice de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

A alternativa citada é Souza, atualmente no Grêmio, em um possível negócio envolvendo o zagueiro Rhodolfo, mas Jucilei segue como prioridade. O volante recebe R$380 mil mensais na Rùssia, mas a diretoria acredita que consegue chegar a um denominador comum para viabilizar a transferência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.