São Paulo escala o que tem de melhor

O São Paulo escalará o melhor time possível nos clássicos deste sábado, contra o Santos, e de segunda-feira, contra o Corinthians. Isso significa que Cicinho, Josué e Lugano estão confirmados para segunda-feira, com o São Paulo apostando em uma posição de confronto contra Luiz Zveiter, presidente do STJD. Essa era a posição do clube até a noite desta sexta, mas pode ser mudada dependendo do que acontecer neste sábado.?Poupamos alguns jogadores contra a Ponte Preta para que tivéssemos times completos contra Santos e Corinthians?, diz Paulo Autuori, deixando no ar até a presença de Amoroso nos dois clássicos. O jogador já disse que não agüenta e que prefere descansar neste jogo.Desfalques certos para este sábado, apenas os de Júnior e Souza, suspensos. ?Na lateral deve entrar o Fábio Santos, que jogou contra a Ponte. Ele precisa de uma seqüência de partidas?. diz o treinador.Leandro Bonfim está escalado no meio. Será a terceira partida seguida que inicia, após Flamengo e Ponte Preta. Autuori o considera um jogador de alto nível, com muita precisão nos passes e que não possui similar no elenco. Apesar dos elogios, garante que Souza é titular. E volta contra o Santos. ?Amoroso pode estar nas duas partidas, o que não significa que ele precise começar jogando sempre?, diz Autuori, deixando aberto o caminho para que a dupla de ataque seja Christian e Thiago Ribeiro.Diego Tardelli fica no banco e também pode entrar no segundo tempo. Contra a Ponte, atuou bem. O volante Denílson é outro que está em alta com Autuori. ?Ele jogou muito bem contra a Ponte Preta, mas isso não foi nenhuma novidade para mim. Ele tem feito bons treinos?, explica Autuori.Com as constantes brigas e provocações com o Corinthians, ficou a impressão de que o São Paulo não daria muita importância ao jogos contra o Santos ? o que todos fizeram questão de desmentir. ?A vida inteira é difícil enfrentar um time como o Santos. Por isso, quero o melhor time possível?, diz Autuori.Rogério Ceni disse que só falaria sobre o Corinthians após o jogo contra o Santos. ?Temos um jogo duro, um clássico que merece toda nossa atenção. Só no domingo, é que dá para falar sobre o Corinthians, agora o adversário é o Santos.? A mágoa é mesmo com Luiz Zveiter. ?Ele poderia ter evitado toda essa confusão se atendesse às consultas do São Paulo e dissesse de forma definitiva e clara quem pode jogar ou não?, diz Autuori.Apesar das críticas, ele diz que o campeão brasileiro, seja quem for, terá todos os motivos para comemorar. ?Não é por causa dessa confusão que se vai tirar os méritos de quem lutar e ficar com o título.?Rogério Ceni também criticou. ?Vamos fazer quatro jogos em dez dias e depois descansar uma semana. O que se pode esperar de organização de uma entidade que não tem um fax para responder à consulta de um clube??

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.