São Paulo espera ?aquele? Luis Fabiano

O São Paulo aposta tudo na volta de Luís Fabiano para manter-se nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. Não no Luís Fabiano das últimas quatro semanas e sim naquele que decidiu várias partidas para a equipe e se manteve por bom tempo como artilheiro da competição. No Morumbi, pessoas ligadas ao atleta mostram preocupação com sua recaída - vem demonstrando nervosismo excessivo, como em outras ocasiões -, mas ele garante que está com a cabeça no lugar e que voltará a aparecer pelos gols e não pelas expulsões ou confusões.Seu último gol foi há quase um mês, na derrota para a Ponte Preta por 2 a 1, em 24 de julho. Não marcou nas três partidas seguintes e, depois, teve de cumprir suspensão - por ter ofendido o árbitro Márcio Rezende no jogo com o Atlético-PR. Nesse tempo de ausência dos gramados, tomou algumas atitudes impensadas, como a de xingar o técnico Roberto Rojas durante treino, na semana passada. Pediu desculpas ao grupo, aceitas na hora. "Tive uma recaída, mas sou um menino bonzinho", afirmou. E revelou estar vivendo um problema pessoal. Assaltantes em Campinas o ameaçavam quando aparecia na cidade do interior para visitar a família. "Mas já está tudo resolvido, prefiro não falar sobre isso."Contra o Vasco, domingo, em São Januário, Luís Fabiano é o trunfo de Rojas. E o atacante faz questão de dizer que está ?louco para voltar a fazer gols?. É de gols que a equipe precisa, pois vem tendo bom desempenho defensivo, mas mostrando fragilidade no setor ofensivo. Uma vitória pode, até, dar a sonhada liderança do Brasileiro ao São Paulo.Mais um... - O lateral-esquerdo Fabiano pode se transferir para o Bétis, que oferece cerca de 1 milhão de euros pelo empréstimo de um ano e pode até dar 5 milhões de euros pela compra dos direitos. O São Paulo levará pouca coisa, pois a maior parte de seus direitos pertence ao empresário Juan Figer e ao Atlético-PR.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2003 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.