Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

São Paulo espera recuperação de Borges para clássico

Atacante sente dores no joelho esquerdo e não sabe se poderá enfrentar o Palmeiras no sábado

Agência Estado,

26 de março de 2009 | 21h00

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho mantém a esperança de poder contar com o atacante Borges no clássico contra o Palmeiras, sábado, no Morumbi, pela 17.ª rodada do Paulistão. A participação do jogador, que sentiu dores no joelho esquerdo na partida diante do Noroeste, na última quarta-feira, ainda não está descartada. Tanto que ele foi convocado para a concentração são-paulina, antecipada para começar já na noite desta quinta.

Veja também:

linkWilson Seneme apita São Paulo x Palmeiras no sábado

linkPM filmará torcida para conter violência no Morumbi

linkAlex Silva realiza tratamento de lesão no São Paulo

linkZé Luís revela preocupação do São Paulo com Keirrison

linkSão Paulo: Muricy Ramalho vive declínio em clássicos

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Em exames realizados na reapresentação do elenco são-paulino, nesta quinta-feira, foi constatado que Borges não sofreu nenhuma lesão no joelho esquerdo. Mas ele ainda reclama de dores no local. Segundo o médico do clube, José Sanchez, o atacante ficará sob tratamento até momentos antes do jogo. E um teste já no vestiário do Morumbi definirá a sua escalação.

No jogo da última quarta-feira, Borges saiu de campo quando sentiu o problema, aos 27 minutos do segundo tempo - o São Paulo venceu o Noroeste por 2 a 1, em Bauru, garantindo a terceira colocação do Paulistão. Assim, deixou os são-paulinos preocupados com uma possível ausência do atacante no clássico de sábado no Morumbi.

"Ele ainda sente dores no joelho e vem fazendo tratamento fisioterápico desde seu retorno de Bauru. A rotina agora será no Reffis (centro de recuperação física são-paulino) e, se ele não sentir mais dores até sábado, quando será reavaliado, poderá ser liberado para o jogo", explicou o médico José Sanchez.

Se Borges for vetado pelos médicos, o técnico Muricy Ramalho tem duas opções para armar o time titular do São Paulo. Ele pode fazer uma trocar simples de um atacante por outro, escalando Dagoberto. Ou ainda pode adiantar o meia Hugo para jogar ao lado de Washington - alternativa utilizada no jogo de quarta-feira, em Bauru.

DIFICULDADES

O volante Zé Luís, que tem sido improvisado por Muricy na lateral-direita, prevê muito trabalho no clássico de domingo. "São Paulo e Palmeiras é sempre diferente, tem muita rivalidade, principalmente por tudo que aconteceu nos últimos clássicos", lembrou o jogador.

Zé Luís, inclusive, admite a preocupação por marcar o atacante Keirrison, destaque palmeirense e artilheiro do Paulistão, com 12 gols já marcados. "Ele tem muita qualidade, joga muita bola, mesmo. Está em ótima fase e tem ajudado o Palmeiras. Será difícil enfrentá-lo", afirmou o jogador do São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.