Rubens Chiri/ São Paulo
Rubens Chiri/ São Paulo

São Paulo espera reduzir folha salarial em mais de R$ 1 milhão

Elenco passará por reformulação durante a parada para a disputa da Copa América

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2019 | 04h30

O São Paulo espera reduzir em mais de R$ 1 milhão sua folha salarial para o restante da temporada. O elenco passará por reformulação durante a parada para a Copa América, com saídas e prováveis chegadas de reforços.

Ao menos três jogadores que têm sido pouco utilizados pelo técnico Cuca devem deixar o São Paulo: o lateral-direito Bruno Peres, o volante Jucilei e o meia Nenê. O trio tem salários considerados altos pelo que estão rendendo. Outros atletas também podem sair.

Bruno Peres está emprestado pela Roma (ITA) até o fim da temporada, mas pode ser devolvido no meio do ano. Jucilei e Nenê devem ser liberados para procurar outros clubes. O meia chegou a negociar com o Fortaleza no início deste ano, mas não teve acerto entre as partes.

Após a eliminação do São Paulo para o Bahia nas oitavas de final da Copa do Brasil, Cuca admitiu que os próprios jogadores já sabem que devem deixar o clube. 

"Quando você tem um grupo grande, quando você tem jogadores que praticamente sabem que vão sair e não acontece de imediato, isso tudo causa um efeito, né? Sem querer, vai criando esse efeito e você está dentro desse contexto. Esses caras que vão sair não são más pessoas, não são maus profissionais, mas foi escolhido isso para baixar a folha, pela eliminação que teve (na Libertadores), e a gente não conseguiu ainda fazer o que é necessário", disse Cuca, que quer as contratações de um centroavante e um lateral-direito. 

"Não vou dizer que com a saída desses caras vai melhorar. Mas com a saída deles e chegada de alguns outros, que a gente tem carência em alguma posição, tende a melhorar", acrescentou o técnico.

Além dos jogadores pouco utilizados, outra provável saída na janela do meio do ano é de Arboleda. A diretoria e a comissão técnica acreditam que o equatoriano receberá propostas após a disputa da Copa América. O próprio jogador já afirmou que "teve cinco ou quatro times da Itália, Alemanha e Espanha interessados".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.