São Paulo estipula nova multa por goleador

O presidente do São Paulo, Marcelo Portugal Gouvêa, não tem dúvida de que seu maior patrimônio é justamente Luís Fabiano. Por isso, tratou de chamá-lo para uma conversa, no fim do ano, para fazer novo contrato. O acordo foi fechado no mês passado. O vínculo prevê agora multa de cerca de US$ 20 milhões, US$ 5 milhões a mais do que o anterior.O artilheiro são-paulino, que recebia aproximadamente R$ 70 mil mensais, passará a ganhar algo em torno de R$ 100 mil. "Do jeito que ele está jogando, alguma proposta vai se concretizar no meio do ano, quando o mercado europeu abrir", comentou José Fuentes, seu empresário, que não quis falar sobre o novo contrato com o São Paulo.Porrada - Uma importante vitrine para o atacante será a Copa Libertadores, que começa quarta-feira para o São Paulo - enfrenta o Alianza, em Lima. Em sua opinião, a equipe tem de entrar firme e não cair na catimba dos adversários. "Precisamos estar atentos, porque os times catimbam muito nessas competições sul-americanas", disse Luís Fabiano. "Se eles derem porrada, a gente vai dar porrada também?, avisou o jogador.Em seguida, Luís Fabiano mudou um pouco o discurso e garantiu que não revidará nenhuma provocação ou agressão. Afinal, Cuca estará de olho em seu comportamento. Se não receber nenhum cartão vermelho até o dia 25, contra o Atlético Sorocaba, ganhará um churrasco do treinador do São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.