Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

São Paulo estreia na Sul-Americana preocupado com greve na Argentina

Equipe encara o Defensa y Justicia fora de casa e freta avião para tentar escapar de paralisação marcada para quinta

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

05 de abril de 2017 | 07h03

O São Paulo tem uma preocupação a mais na partida desta quarta-feira, às 19h15, contra o Defensa y Justicia, na estreia da equipe na Copa Sul-Americana. Além do adversário argentino, o elenco tricolor terá de acelerar o retorno ao Brasil por causa de uma greve geral programada para amanhã, a partir da 0h, no país vizinho.

A diretoria do Morumbi fretou um avião para ir e voltar de Buenos Aires pouco depois de o duelo terminar. Espera com isso evitar que o time fique na capital argentina além do previsto. O horário é apertado, pois a previsão indica que o jogo terminará às 21h15 e o voo são-paulino tem de decolar às 23h45.

A distância do estádio para o aeroporto internacional de Ezeiza é de aproximadamente 30 km, percurso que pode ser percorrido em 50 minutos. Assim, o São Paulo tem uma pequena margem de atraso, mas não pode vacilar. Caso contrário, a preparação para o jogo de volta das quartas de final do Paulistão, sábado, com o Linense, ficará comprometida.

Para o confronto com o Defensa, Rogério Ceni tem 13 desfalques. No departamento médico estão Sidão (lombalgia), Bruno (entorse no tornozelo direito), Cícero (dores na canela esquerda), Edimar (estiramento no tendão do músculo reto femoral da coxa esquerda), Cueva e Lucas Fernandes (ambos com estiramento no músculo posterior da coxa esquerda).

Já os zagueiros Maicon e Lugano, além do volante Wesley, cumprem suspensão automática. O treinador também decidiu deixar fora da viagem o goleiro Renan Ribeiro, o volante Thiago Mendes e os atacantes Luiz Araújo e Neilton. Com isso, Denis deve retomar seu posto e ser titular no gol tricolor, com o jovem Lucas Perri ficando como opção para o banco de reservas.

FICHA TÉCNICA:

DEFENSA Y JUSTICIA

Gabriel Arias; Ignacio Rivero, Hugo Silva, Mariano Bareiro, Alexander Barboza e Rafael Delgado; Leonel Miranda, Jonás Gutiérrez e Gonzalo Castellani; Nicolás Stefanelli (Juan Kaprof) e Agustín Bouzat.

Técnico: Sebastián Beccacece.

SÃO PAULO

Denis; Lucão, Rodrigo Caio e Douglas (Breno); Buffarini, João Schmidt, Jucilei e Junior Tavares; Wellington Nem, Pratto e Thomaz (Shaylon).

Técnico: Rogério Ceni.

Juiz: Jesus Valenzuela (Venezuela). 

Local: La Fortaleza, em Lanús.  

Horário: 19h15.  

Transmissão: Fox Sports.

Ao vivo: estadao.com.br/e/spfcvivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.