São Paulo faz hoje a festa no Morumbi

O São Paulo faz neste sábado a grande festa pela conquista do Campeonato Paulista. Enfrenta a Ponte Preta, às 16 horas, no Morumbi, e após o jogo recebe, enfim, a taça de campeão. Dará a volta olímpica, posará para fotos com o cobiçado troféu e depois...o devolverá, já que somente na última rodada, diante do Mogi Mirim (na casa do rival, pois o adversário vendeu antecipadamente ingressos de cadeiras), ficará com ele em definitivo.E presentes fazem parte de grandes festas. Pensando em seus torcedores - são esperadas 50 mil pessoas no estádio - e usando tal raciocínio, a diretoria são-paulina preparou algumas surpresas para quem for ao estádio. Antes, haverá uma grande queima de fogos de artifício. Após o espetáculo pirotécnico, os 26 jogadores do elenco chutarão bolas para as arquibancadas e distribuirão suas camisas numeradas e devidamente autografadas. A emoção será maior para seis sócios-torcedores, que poderão dar a volta olímpica ao lado de seus ídolos - serão sorteados. Para o torcedor-família o brinde será acompanhar o jogo das arquibancadas amarelas, em local mais privilegiado do que na vermelha, atrás do gol.O sempre sério Emerson Leão, porém, não quer saber de jogador atuando em clima festivo e deixando de lado as responsabilidades. Nada de jogadas de efeito ou comodidade em campo. "Temos de jogar sério, respeitando os adversários", avisou.Diante de tal pensamento, o técnico descarta possibilidade de entrar com o ?bailarino? Falcão e com time reserva ou misto. Sabe que por isso será cobrado pela torcida. E manda logo o recado. "A torcida tem direito de cobrar, mas da mesma forma que sorri, chora."A ordem é seriedade. "Temos de ganhar o jogo bem", exigiu Leão. E Explica: "A idéia é transpiração, empenho total, jogadores ligados no jogo muito mais do que pensam." E nada de festa? "Vamos entrar animados, claro, para agradar a torcida e a nós mesmos. Só que não adianta começar bem e terminar mal."

Agencia Estado,

09 de abril de 2005 | 09h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.