São Paulo finalmente consegue um tricampeonato

Equipe já havia desperdiçado várias oportunidades de ganhar título do mesmo campeonato três vezes seguidas

Leandro Silveira, Agencia Estado

07 de dezembro de 2008 | 19h51

O título do Campeonato Brasileiro de 2008 acabou com uma sina: o São Paulo jamais havia conseguido ser tricampeão de qualquer competição que disputou, apesar de ter uma história recheada de conquistas. E não foram poucas as oportunidades que os são-paulinos tiveram de ganhar três títulos seguidos.Veja também:São Paulo é campeão brasileiro pela 6.ª vez na históriaVitória sobre o Goiás dá o título para o São Paulo Brasileirão 2008 - Classificação Brasileirão 2008 - ResultadosCuriosamente, na maioria das oportunidades foi o Palmeiras quem barrou as pretensões são-paulinas. Neste ano, o rival paulista parecia ser o adversário a ser batido no Brasileirão, principalmente pela contratação do técnico Vanderlei Luxemburgo, mas os palmeirenses sucumbiram após as derrotas para Fluminense, Grêmio e Flamengo, acabando fora da briga pelo título. Se não fosse o Palmeiras, o São Paulo poderia ter sido hexacampeão paulista na década de 40. A equipe levantou o troféu em 1945, 1946, 1948 e 1949. O rival evitou dois tricampeonatos ao vencer em 1947 (quando o São Paulo fez campanha pífia e terminou o estadual em quarto lugar) e em 1950. Em 1972, outra disputa renhida entre São Paulo e Palmeiras, que evitou mais um tricampeonato tricolor ao terminar com um ponto de vantagem no Campeonato Paulista. Os dois times terminaram o torneio invictos.O Corinthians evitou o tricampeonato paulista do São Paulo em 1982. Cada equipe venceu um turno da competição e na final, sob o signo da democracia corintiana, o time do Parque São Jorge venceu as duas partidas da decisão (1 a 0 e 3 a 1) e conquistou o título estadual. Em 1993, foi novamente a vez do Palmeiras evitar o tricampeonato paulista do São Paulo. Mas o principal responsável pelo fracasso tricolor foi o Corinthians, que eliminou o adversário na segunda fase do Paulistão - disputada em grupos de quatro equipes. No ano seguinte, os são-paulinos sofreram uma das maiores frustrações de sua história. O Vélez Sarsfield, sob a liderança do goleiro Chilavert, conquistou o título da Libertadores ao derrotar o São Paulo nos pênaltis em um Morumbi lotado. O clube sonhava com o tricampeonato da competição sul-americana e do Mundial interclubes, conquistas que chegariam apenas em 2005, mas não de forma consecutiva. Os seguidos fracassos deixavam o São Paulo até este domingo como único dos 12 principais clubes do futebol brasileiro que jamais havia sido tricampeão. Confira quando cada um dos grandes times do País conquistaram essa honra pela primeira vez: Fluminense - 1908 (Tricampeão carioca)Corinthians - 1924 (Tricampeão paulista)Cruzeiro - 1930 (Tricampeão mineiro)Palmeiras - 1934 (Tricampeão paulista, ainda como Palestra Itália)Botafogo - 1934 (Tricampeão carioca)Internacional - 1942 (Tricampeão gaúcho)Flamengo - 1944 (Tricampeão carioca)Atlético-MG - 1954 (Tricampeão mineiro)Grêmio - 1958 (Tricampeão gaúcho)Santos - 1962 (Tricampeão paulista)Vasco - 1994 (Tricampeão carioca)São Paulo - 2008 (Tricampeão brasileiro)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.